Dieta low carb: como funciona e quais são os alimentos permitidos?

1 1.626

Praticamente todos os dias, você se depara com uma nova dieta na internet que promete emagrecimento rápido. Mas, nem todas servem para você e nem todas cumprem o que prometem. Na verdade, o ideal é evitar dietas muito restritivas, pois elas podem causar problemas de saúde, especialmente pela falta de nutrientes. Na dieta low carb, é priorizado o consumo de menos carboidratos, mas sem cortar definitivamente esse tipo de alimento – como acontece com a dieta cetogênica, por exemplo.

Dieta low carb
Foto: Women’s Health

Como funciona a dieta low carb?

A lógica da dieta low carb é reduzir a quantidade de carboidratos consumidos diariamente e, dessa forma, promover uma maior queima de gordura. Em uma dieta convencional, em média, cerca de 50% das calorias que consumimos diariamente vêm desses macronutrientes. Já na low carb, a recomendação é que 40% ou menos da nossa alimentação seja de carboidratos. Além disso, recomenda-se o consumo de carboidratos integrais – que têm baixo índice glicêmico e, portanto, evitam picos de insulina e de glicose no organismo, além de promoverem saciedade. O consumo exagerado dos carboidratos de alto índice glicêmico, como arroz branco, pães e açúcar, por exemplo, facilita o acúmulo de gordura.

No entanto, para que a dieta low carb seja eficiente e não traga problemas de saúde, vale a máxima: controlar também as proteínas e, principalmente, as gorduras. Prefira carnes magras, proteínas vegetais e fontes de gordura boa e evite as gorduras saturadas. Seguindo essas regras, a dieta low carb é segura e oferece os nutrientes necessários para o bom funcionamento do organismo, além de promover a perda de peso.

A dieta low carb pode, ainda, ajudar na prevenção do diabetes tipo 2. Isso porque, ao priorizar o consumo de carboidratos integrais, evita-se o aumento de glicose no sangue e, consequentemente, de insulina. Contudo, caso você tenha diabetes, antes de fazer alterações drásticas na sua dieta, consulte seu médico. Pode ser que você precise de ajustes na medicação e na insulina. Em todos os casos, o acompanhamento profissional é indicado. Para quem não tem problemas de saúde, um nutricionista pode ajudar.

Quais são os alimentos permitidos?

Low carb - dieta
Foto: Maggi

Caboidratos de baixo índice glicêmico

Considerando que sim, há espaço para o consumo de carboidratos na dieta low carb, você pode consumir pães e massas integrais, frutas, legumes e verduras que contêm o macronutriente. Aqui, o importante é que o consumo total não ultrapasse os 40% ou o percentual que tiver sido indicado pelo profissional de saúde. Doces, refrigerantes, pães e massas brancos, farinha de trigo refinada, açúcar e alimentos ultraprocessados são proibidos. Alimentos como batata e mandioca podem ser consumidos com moderação.

Proteínas magras

Além dos carboidratos de baixo índice glicêmico, as proteínas são parte importante da dieta low carb. No entanto, é importante dar preferência às proteínas magras. Peixes, aves, carnes , leites, ovos queijos estão liberados, desde que não sejam ricos em gorduras. Embutidos, alimentos ultraprocessados e cortes gordos do boi, não. Isso porque esse tipo de alimento é rico em gordura saturada ou hidrogenada. A Sociedade Brasileira de Cardiologia recomenda que esse tipo de gordura não ultrapasse 10% do total da alimentação diária.

Dieta low carb
Foto: HuffPost Australia

Gorduras boas

Já que evitar as gorduras saturadas e hidrogenadas é essencial na dieta low carb, como garantir, então, as gorduras necessárias para o bom funcionamento do organismo? Sim, elas também são importantes, pois são fonte de energia e cumprem outras funções, como proteger os órgãos vitais e auxiliar o sistema imunológico. A dica aqui é optar pelas oleaginosas (castanhas e amêndoas), pelo azeite de oliva e o óleo de côco e por outros alimentos gordurosos. O abacate é uma ótima fonte de gordura e os peixes também.

Dieta baixos carboidratos
Foto: Notícias ao Minuto

Vale a pena fazer a dieta low carb?

A resposta é: depende. Se você pretende simplesmente reduzir os carboidratos sem acompanhamento e sem levar em conta os pontos acima, não faça a dieta low carb. Esse tipo de dieta precisa de atenção, porque os carboidratos e os micronutrientes são de extrema importância para o nosso corpo. Além disso, equilíbrio é tudo! Se não fizer uma alimentação adequada, você pode ganhar problemas de saúde.

Procure um profissional de saúde. Pode ser um endocrinologista, um nutricionista ou até mesmo o médico de confiança da família. A individualidade também deve ser considerada quando se inicia uma dieta, porque nem todas as pessoas se adaptam a determinados tipos de alimentação. Fatores como hábitos saudáveis podem influenciar diretamente nos resultados.

 

 

 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais

Privacy & Cookies Policy