Dieta Vegetariana: Saiba Quais São Os Benefícios

97

A dieta vegetariana vem conquistando cada vez mais adeptos no Brasil. Trata-se de um estilo de vida baseado no consumo de alimentos de origem vegetal, excluindo todos os tipos de carne do cardápio – com ou sem ovos e laticínios. Em apenas seis anos, o número de pessoas que declaram não consumir nenhum tipo de carne passou de 8% para 14% no país, de acordo com uma pesquisa realizada pelo Ibope em 2019 e encomendada pela Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB).

Quais são os tipos de vegetarianismo?

Existem diversos tipos de dieta vegetariana. Uma das mais seguidas é a ovo-lacto-vegetariana, que inclui ovos, derivados do leite e mel e que dá origem a outras duas: a lacto-vegetariana e a ovo-vegetariana – que excluem os ovos e os lácteos, respectivamente. Ao contrário do que se acreditava até pouco tempo, a dieta vegetariana não limita a ingestão de nutrientes e pode ser muito saudável, desde que se priorize a variedade de alimentos. Seguindo algumas recomendações, é possível ter uma alimentação saudável e equilibrada sem o consumo de carnes.

dieta vegetariana

Benefícios da dieta vegetariana

Segundo a nutricionista Thais Penáquio, os benefícios da dieta vegetariana são muitos e eles estão ligados à nossa saúde e também à saúde do planeta: “Além de reduzir o risco de desenvolvimento de doenças cardíacas e de câncer, esse tipo de alimentação diminui a pressão arterial e o colesterol devido à menor ingestão de gorduras saturadas. Pensando no planeta, tirar a carne do prato reduz o impacto ambiental, já que a sua produção emite gases que colaboram com o efeito estufa”. Estudos indicam que a alimentação influencia mais na questão ambiental que o uso de meios de transporte convencionais, como o carro, por exemplo.

Do ponto de vista da saúde, uma análise publicada pelo jornal oficial da American Heart Association (organização sediada nos Estados Unidos) afirma que reduzir a ingestão de proteínas animais pode reduzir  de algumas doenças. Entre elas o risco de infarto, AVC, diabetes tipo 2, obesidade e pressão alta. Isso porque, quando são priorizados alimentos considerados magros, há menor ingestão de sal e maior consumo de água, o que é bom para a saúde.

Foto: Notícias ao Minuto

 

 

 

 

 

 

Atenção aos nutrientes da dieta vegetariana 

Porém, para que a dieta vegetariana ofereça os nutrientes necessários para a boa saúde do corpo, é importante consumir também as proteínas vegetais. As leguminosas – como feijão, ervilha, grão-de-bico, soja e lentilha –, as oleaginosas (castanhas e amendoim) e alimentos como aveia, quinoa, couve, brócolis, abacate e leites vegetais são boas fontes de proteína. Por isso, devem ser incluídas na dieta vegetariana para garantir uma boa alimentação.

Há, ainda, pessoas adeptas do veganismo, quando não há ingestão de nenhum tipo de alimento de origem animal. Nesse caso, segundo a nutricionista, é importante prestar atenção a uma vitamina específica. “A vitamina B12 está presente nas carnes, leites, queijos e ovos. Portanto, quem opta pelo veganismo pode precisar fazer suplementação”, afirma. A recomendação é procurar um profissional para verificar a necessidade de realizar exames e tomar o suplemento, se houver necessidade.

De maneira geral, segundo Thais, os vegetarianos tendem a ser mais saudáveis que os carnívoros. “Muita gente deixa de comer carne com o propósito de se alimentar melhor e de maneira mais balanceada. Com o aumento da ingestão de frutas, verduras, legumes e produtos integrais, que melhoram a saúde, é possível afirmar que o vegetarianismo é sim uma ótima escolha”, finaliza.

Comentários