Vitamina B12: pra que serve e quando suplementar

0 1.296

A vitamina B12 é é fundamental para o bom funcionamento do sistema nervoso e também para a síntese do DNA. Sua deficiência pode causar problemas graves, que vão da anemia perniciosa até a demência. Aprenda a identificar os sinais de alerta:

 

O que é e para que serve  vitamina B12?

Imagem: World of Vegan

 

A vitamina B12, também conhecida como cobalamina, é uma importante vitamina solúvel em água.  Ela desempenha um papel essencial na produção de seus glóbulos vermelhos e DNA, bem como no bom funcionamento do seu sistema nervoso.

A cobalamina ou B12 é encontrada naturalmente em alimentos de origem animal, incluindo carnes, peixes, aves, ovos e laticínios. No entanto, também pode ser encontrado em produtos enriquecidos com B12, como algumas variedades de pão e leite à base de plantas (especiais para veganos).

Infelizmente, a deficiência de vitamina B12 é  muito comum, principalmente em idosos. Nos Estados Unidos, por exemplo, ela chega a atingir 40% da população. Você corre o risco de deficiência se não ingerir B12 o suficiente em sua dieta ou, ainda, se não for capaz de absorver essa vitamina mesmo após a ingestão.

Em geral, os sintomas de uma deficiência de B12 podem levar anos para aparecer e o diagnóstico pode ser complexo. Às vezes, uma deficiência dessa vitamina pode ser confundida com uma deficiência de folato.

Isso ocorre porque baixos níveis de B12 fazem com que os níveis de folato caiam. No entanto, se você tiver uma deficiência de B12, a correção de baixos níveis de folato pode simplesmente mascarar a deficiência e falhar na solução do problema subjacente.

 

Deficiência de vitamina B12

vitamina b12 quando suplementar
Imagem: Reprodução

 

De acordo com o artigo “Epidemiologia da deficiência de vitamina B12”, esse é um problema causado por diversos fatores. A deficiência de vitamina B12 pode ser causada por uma menor ingestão alimentar (devido a absorção prejudicada ou ingestão reduzida), um problema auto-imune relacionado a fatores intrínsecos ou, ainda, doenças do sistema gastrointestinal, resultando em má absorção de vitamina B12.

Apesar de muitos médicos ainda se preocuparem em conferir esses níveis apenas em vegetarianos, é um problema que afeta toda a população. Para você ter uma ideia, os dados  do Tufts University Framingham Offspring Study chegam a sugerir que cerca de 40 por cento das pessoas com idades entre 26 e 83 anos possuem níveis vitamina B12 no limite da faixa normal baixa. A partir disso, elas já experimentam os sintomas neurológicos da falta dessa vitamina.

A partir disso, ficou estimado que a deficiência de vitamina B12 chegue a afetar 40% das pessoas acima de 60 anos de idade. E porque isso é tão preocupante?  Porque a falta de B12 contribui para o declínio rápido de pacientes com doenças cognitivas, como o Alzheimer.

O que a deficiência de vitamina B12 causa?

Maye musk
Apesar de afetar 40% da população, a deficiência de B12 é mais severa acima dos 60 anos. Imagem: @mayemusk / Instagram

 

Mesmo nos níveis antes da considerada “deficiência”, a vitamina B12 baixa causa fadiga, formigamentos, fraqueza, letargia e até perda de memóriaEstudos apontam, inclusive, que a B12 baixa pode até simular sintomas de depressão, isso além da sua deficiência piorar significativamente a situação dos pacientes que sofrem com transtorno depressivo.

Caso o paciente também sofra com deficiência de vitamina D, esses sintomas podem ser amplificados. Já em casos mais avançados, a deficiência de B12 causa anemia perniciosa, confusão mental, neuropatia óptica e até mesmo demência.

Sintomas da deficiência de B12

 

  • Pele amarelada ou icterícia;
  • Fraqueza e fadiga constantes;
  • Sensação de formigamento persistente nos pés ou mãos;
  • Perda das noções de equilíbrio;
  • Tontura e falta de ar durante exercícios;
  • Visão embaçada ou distorcida;
  • Mudanças frequentes de humor.
  • Pode simular sintomas de transtornos psicológicos, como a depressão.

Se você sentir alguns os sintomas listados anteriormente de forma constante, procure um médico o mais rápido possível. Alguns desses sinais aparecem quando a vitamina está em baixo e servem de alerta, outros já são sintomas de danos avançados da deficiência de B12.

Existe vitamina B12 de origem vegetal?

A B12 pode ser adicionada em produtos ditos “fortificados”

 

Por fim, é sabido que os vegetarianos e veganos estão no grupo de risco para a deficiência de B12. Isso ocorre porque essa vitamina está presente naturalmente APENAS em produtos de origem animal. Ao contrário da crença popular que surgiu recentemente, não existe nenhuma fonte segura de vitamina B12 em alimentos vegetais in natura. 

De acordo com a nutricionista Rafaela Mold, não existe B12 ativa no reino vegetal. Ela explica, ainda, que é possível ingerir B12 em produtos vegetais fortificados (como os leites a base de plantas). No entanto, a quantidade de B12 nesses produtos ainda é muito baixa, por isso eles não são recomendados para quem tem deficiência da vitamina.

Nesse caso, é sempre interessante consultar um médico. É possível que ovolactovegetarianos mantenham bons níveis de B12 no organismo por algum tempo após a transição. No entanto, isso precisa ser avaliado em exames de sangue. Já para os veganos, a orientação médica e nutricional é a suplementação de B12.

 

Onívoros também precisam estar atentos aos níveis de B12

 

A literatura médica aponta que a prevalência de deficiência de B12 é similar entre onívoros e vegetarianos. Dito isso, relembramos que ingerir carne, ovos ou produtos lácteos não garante um nível saudável de B12 no organismo, uma vez que a sua absorção depende de diferentes fatores.

Por isso, caso você perceba que está com algum sintoma da deficiência, exija que o seu médico solicite a dosagem de B12 no exame de sangue. Isso é importante porque muitos médicos acabam negligenciando esse exame, apesar da sua extrema importância.