Florais de Bach: o poder das gotas extraídas de flores e plantas

0 309

Flores e plantas alegram o ambiente, mas elas também são capazes de atuar sobre o nosso estado emocional em forma de gotas. Os florais de Bach, criados pelo médico inglês Edward Bach e inspirados nas tradições homeopáticas, são essências poderosas que promovem o equilíbrio mental.

O que são florais de Bach?

Florais
Foto: Altea Salut

Em primeiro lugar, é importante saber que as terapias alternativas não substituem orientações médicas. Sendo assim, os florais de Bach são uma opção complementar ao tratamento de doenças. “É importante saber que a terapia floral atua no nível das nossas emoções, ajudando a pessoa a lidar melhor com os sentimentos negativos que podem surgir de uma doença ou até mesmo da vivência cotidiana. Mas, não são remédios e não devem substituir qualquer tratamento médico”, avalia a terapeuta Vanessa Ramos.

O inglês Edward Bach se dedicou, no início da década de 30, a estudar o poder das plantas e flores. Inspirado pela homeopatia, desenvolveu 38 essências extraídas das flores e plantas que têm o objetivo de tratar as aflições emocionais e harmonizar nossa mente. Medos, sentimentos de culpa, raiva, desesperança, ansiedade e tristeza, por exemplo, são estados emocionais que podem ser amenizados com o uso dos florais de Bach.

Apesar de não serem considerados remédios, os florais de Bach são reconhecidos pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e também pelo Ministério da Saúde do Brasil como uma Prática Integrativa e Complementar (PIC), sendo inclusive oferecida pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Ou seja, as essências são seguras.

Como escolher as melhores essências?

Florais de Bach
Foto: Natural Therapy

Os florais são preparados em farmácias de manipulação e, para escolher as essências adequadas, a dica é procurar um terapeuta floral. Vanessa conta que “Os florais podem ser combinados para tratar diferentes estados emocionais. O profissional vai ajudar a encontrar aqueles que fazem mais sentido para cada pessoa de forma individual”. No entanto, se quiser testar por conta própria, os florais de Bach não exigem receita. Além disso, existem fórmulas prontas, como a Rescue, que é indicada para situações de tensão.

Os florais de Bach estão divididos em sete grupos: medo, desinteresse, insegurança, solidão, hipersensibilidade às influências externas, desespero e preocupação excessiva. “As essências buscam restaurar o equilíbrio emocional a partir da energia contrária. Por exemplo, uma pessoa que tem ansiedade deve tomar florais que atuam no relaxamento. Para o medo, essências que incentivam a coragem. E assim por diante”, conta a terapeuta.

Cada floral tem uma indicação específica, mesmo os que estão dentro do mesmo grupo. Nesse sentido, eles podem ser combinados entre si para alcançar melhores resultados. Normalmente, podem ser utilizadas até seis essências na mesma fórmula. “Para encontrar a melhor combinação, a pessoa deve se observar e perceber quais são as suas dificuldades emocionais e como está se sentindo no momento. Além disso, as essências podem ser substituídas sempre que algum problema for solucionado”, finaliza.

Quais são os florais de Bach e para que servem?

Essências florais
Foto: Cambridge-Bach

Cada uma das 38 essências descobertas por Edward Bach atua sobre um estado emocional específico. Sendo assim, confira a lista de florais de Bach e qual a indicação de cada um:

Agrimony – medo da solidão

Aspen – medos incompreendidos ou de coisas desconhecidas

Beech – dificuldade de aceitar os próprios erros, rigidez, intolerância

Centaury – dificuldade em dizer não e impor suas ideias

Cerato – falta de autoconfiança

Cherry Plum – medo de perder o controle sobre seus pensamentos e ações

Chestnut Bud – dificuldade de aprender com os próprios erros

Chicory – possessividade e egoísmo

Clematis – dificuldade de concentração no presente

Crab Apple – auto-rejeição e auto-desaprovação

Elm – sobrecarga por excesso de responsabilidade

Gentian – desânimo frente às dificuldades

Gorse – desespero e pessimismo

Heather – personalidade egoísta

Holly – raiva, ódio, inveja e ciúme

Honeysuckle – apego ao passado

Hornbean – cansaço e exaustão mental

Impatiens – impaciência

Larch – insegurança, sentimento de inferioridade

Mimulus – medo de situações cotidianas, timidez

Mustard – tristeza profunda, depressão

Oak – esforço além da capacidade, persistência exagerada

Olive – esgotamento mental

Pine – culpa

Red Chestnut – preocupação excessiva com o outro, superproteção

Rock Rose – terror, medo paralisante

Rock Water – perfeccionismo, auto-negação

Scleranthus – indecisão, incapacidade de fazer escolhas

Star of Bethelem – traumas físicos, emocionais e espirituais

Sweet Chestnut – angústia

Vervain – excesso de autoconfiança e entusiasmo

Vine – inflexibilidade, excesso de autoridade

Walnut – dificuldade em se adaptar a mudanças

Water Violet – isolamento, medo de se expor

White Chestnut – pensamentos indesejados, conflitos mentais

Wild Oat – falta de meta e direção para seguir na vida

Wild Rose – apatia, resignação

Willow – vitimismo, sensação de fracasso e ressentimento

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais

Privacy & Cookies Policy