Dieta do ovo pode te ajudar a emagrecer com saúde. Saiba mais!

1 36

Você já ouviu falar da dieta do ovo? Pois saiba que esta técnica pode te ajudar a emagrecer com saúde e bastante variedade. A sua meta é estar com o corpo em dia para as festas de final de ano? Então você precisa conferir este conteúdo!

Antes de tudo, é preciso lembrar que nenhum alimento tem poderes milagrosos de emagrecimento. Todas as dietas saudáveis para emagrecer exigem refeições balanceadas, exercícios físicos e até mesmo acompanhamento por parte de um nutricionista. Dito isso, vamos ao que interessa!

 

O ovo é um alimento (quase) completo!
Foto: Reprodução/Unsplash

 

O ovo é um alimento super popular, acessível, saboroso e versátil, podendo ser incluído até mesmo em rotinas alimentares como dietas. Você pode comer ovos de diversas formas: cozido, mexido, em omeletes ou até mesmo frito – o que o torna menos enjoativo.

 

A dieta do ovo faz bem para a saúde?

Por bastante tempo, o ovo foi considerado um vilão das dietas. Os principais boatos afirmavam que este alimento gerava impacto negativo quando o assunto era a elevação das taxas de colesterol ruim.

Entretanto, o ovo é um alimento que vem sendo reforçado como positivo em dietas de emagrecimento. Inclusive, o ovo é capaz de aumentar as nossas taxas de bom colesterol! Demais, né?

Estudos da Wane State University, no Michigan (EUA) comprovam que o consumo de ovos pode ajudar na sensação de saciedade. Por isso, quando consumidos no café da manhã, os ovos podem te fazer sentir menos necessidade de grandes refeições no restante do dia.

 

Entenda como a dieta do ovo nos faz emagrecer
Foto: Reprodução/Unsplash

 

A nutricionista Ana Paula Alegretti conta, em entrevista para o portal Dicas de Mulher, que a dieta do ovo pode ser benéfica para nosso corpo. Este tipo de alimento é capaz de contribuir – e muito – para nossa saúde.

Ainda de acordo com a nutricionista, o ovo é capaz de:

  • Aumentar a sensação de saciedade
  • Controlar níveis de glicemia
  • Ajudar no ganho de massa magra
  • Ser grande fonte de proteínas
  • Ajudar no combate à flacidez
  • Combater anemias

 

O que eu posso comer na dieta do ovo?

A dieta do ovo basicamente consiste na ingestão de 06 (seis) unidades deste alimento por dia. Mas não é tudo de uma vez, não! Divida esta quantidade entre as principais refeições diárias, que são café da manhã, almoço e jantar.

 

O ovo cozido é uma ótima opção em dietas
Foto: Reprodução/Pinterest

 

A distribuição do alimento entre estas refeição é algo estratégico. Haja vista que o consumo de dois ovos é capaz de oferecer uma sensação de saciedade que te impedirá de comer de forma exagerada em seguida, auxiliando no emagrecimento.

Além disso, existe uma pequena restrição nesta dieta. Não coma somente ovos, experimente acompanhá-lo de alimentos com outras propriedades, como as seguintes opções:

  • Queijos como queijo prato, brie ou muçarela
  • Folhas verdes à sua preferência. Espinafre, almeirão, rúcula e alface são boas opções (Aproveite, clique aqui e conheça os benefícios do espinafre!)
  • Azeite, vinagre e limão são bem-vindos para temperar os alimentos

Mas outros temperos podem ser usados na dieta do ovo, desde que sejam naturais. Como exemplo podemos mencionar a pimenta e o açafrão. Ademais, bebidas como a água, chás e cafés sem adição de açúcar são permitidos.

 

Cardápio para a dieta da proteína com ovos

Como você conferiu anteriormente, cada uma das três principais refeições deve levar ovo, queijo e folhas verdes em sua composição. Por isso, você pode comer ovos poché, omeletes, ovos cozidos, mexidos ou até mesmo fritos – uma vez que ovos são uma fonte baixíssima de calorias e fritá-lo não irá fazer mal.

 

O consumo de ovos pode ajudar nas taxas de colesterol
Foto: Reprodução/Pinterest

 

Portanto, não importa qual sejam as opções escolhidas para a sua dieta, desde que a refeição leve os ingredientes mencionados acima.  O resto fica por conta da sua criatividade! Precisa de algumas sugestões? Uma omelete recheada com espinafre e queijo pode ser uma boa pedida.

 

Cuidados com a dieta do ovo

Segundo a nutricionista Vanessa Losano para o portal Cuidaí, essa dieta não deve ser feita mais do que três dias na semana. Apesar de nutritiva, a dieta do ovo é um pouco restritiva e não é capaz de suprir as necessidades do nosso corpo por inteiro. Por isso, nada de repetir essa rotina diariamente.

Ainda de acordo com ela, é necessário que pessoas com diabetes ou mulheres que estejam amamentando consultem com um nutricionista antes de adotar qualquer tipo de dieta alimentar.

Siga-nos no 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais

Privacy & Cookies Policy