Água oxigenada nas plantas elimina pragas e acelera o crescimento

0 8.538

Você sabia que usar água oxigenada nas plantas ajuda a exterminar fungos e acelerar o crescimento das raízes? Pois é. O truque vem fazendo o maior sucesso na internet e pode ser a salvação para as suas suculentas e orquídeas:

 

Por que usar água oxigenada nas plantas?

De acordo com o canal Um Botânico no Apartamento, usar água oxigenada nas plantas ajuda a evitar que as raízes apodreçam, mata os fungos e pulgões e ainda protege planta contra o estresse abiótico (excesso de sais minerais, excesso de temperatura e falta de água).

 

água oxigenada nas plantas
Imagem: Reprodução / Pinterest

 

Por fim, a água oxigenada ainda tem o poder de gerar novas raízes nas plantas. Isso faz com que ela seja um truque perfeito na hora de reproduzir as suas plantinhas por estaquia, já que acelera o processo da muda.  Se, por outro lado, a propagação é feita por sementes, não se preocupe: a ciência já comprovou que o peróxido de hidrogênio ajuda a acelerar a germinação.

Desse modo, as raízes se formam rapidamente e a planta já cresce protegida contra os agentes agressivos e danos ambientas. Incrível, não é mesmo?

 

Benefícios da água oxigenada para as plantas

  • Extermina pulgões, pragas e cochonilhas;
  • Estimula o crescimento de novas raízes;
  • Acelera o processo de propagação de mudas;
  • Também estimula a germinação de sementes;
  • Protege as plantas contra o estresse hídrico, excesso de sais minerais e mudanças bruscas de temperatura;
  • Ajuda a recuperar e manter a saúde de plantas recém transportadas.

 

benefícios da água oxigenada nas plantas
Imagem: Reprodução / Pinterest

Afinal, como usar a mistura?

Agora que você já sabe de todos os benefícios, é hora de começar a usar a água oxigenada nas plantas. Mesmo para os jardineiros inexperientes, o processo é muito simples. Confira:

Você vai precisar de:

  • borrifador de 1L
  • 1 litro de água
  • Água oxigenada 10 volumes

 

Modo de preparo

  1. Para começar, transfira a água para o borrifador.
  2. Na sequência, dilua 4 colheres de sopa do peróxido de hidrogênio 10 volumes dentro do líquido.
  3. Caso você tenha menos plantas em casa, vale reduzir a receita pela metade.
  4. Agora é só agitar bem e pronto!
  5. Na hora de usar, basta borrifar o líquido nas folhas que estão sofrendo com fungos.
  6. Repita semanalmente até exterminar os fungos da folha ou do solo.
  7. Já para as plantinhas que estão com as raízes apodrecendo, basta borrifar no solo.

Confira mais dicas e o passo a passo da aplicação no vídeo a seguir:

 

Como usar água oxigenada em orquídeas?

Além das suculentas e rosas do deserto, outra planta que adora a água oxigenada é a orquídea. De beleza incomum e cultivo fácil, essa flor é um clássico da jardinagem e que merece um cuidado todo especial, não é mesmo? Certamente fica ainda mais fácil depois que você aprende a usar esse truque caseiro.

Assim como vimos anteriormente, a água oxigenada nas plantas atua como poderoso oxidante e bactericida, sendo eficaz na proteção e eliminação de pragas. Além disso, ela ainda serve como um agente de desinfecção rápida e dissolve o excesso de sais minerais acumulados na terra.

 

água oxigenada nas orquídeas
Imagem: Reprodução / Unsplash

 

Por isso, vale a pena incluir um pouco de peróxido de hidrogênio na rotina de cuidados e rega das suas orquídeas. E o modo de preparo é o mesmo que apresentamos logo acima. Basta, portanto, diluir água oxigenada 10 volumes em água e aplicar com auxílio de um borrifador.

Cuidados

De acordo com o blog Orquideas Eco, o ideal é evitar o uso de adubos na rega logo após a aplicação de água oxigenada nas orquídeas. Ademais, os especialistas também pontuam que é interessante fazer o tratamento a noite e, de preferência, com água de baixa mineralização.

Se a sua orquídea apresenta raízes atacadas por pragas e doenças, a aplicação de peróxido de hidrogênio pode auxiliar na recuperação. Portanto, vale desinfetar a planta mergulhando-a na solução de água e peróxido de hidrogênio por 15 minutos. Depois é só deixar a planta secar (fora do vaso) e replantar após o surgimento de novas raízes.

 

Gosta de jardinagem? Então aproveite e leia também:

Espada de São Jorge: aprenda como cuidar e fazer mudas de Sansevieria

Planta Carnívora: curiosidades e cuidados essenciais para cultivar em casa

Plantas na decoração deixam a casa aconchegante e bonita

Siga-nos no 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais

Privacy & Cookies Policy