7 séries e filmes para assistir após o fim de Dark da Netflix

1 561

Dark da Netflix é aquele tipo de série que mesmo depois de desligar a televisão, ela continua na sua cabeça. Seja com sua mente trabalhando os quebras cabeças do roteiro, ou  teorizando sobre a conexão dos personagens ou até mesmo tentando entender o que você acabou de assistir.

Desse modo, é de se esperar que qualquer um fique à procura de algo similar ao terminar de assistir a última temporada dessa exclusiva Netflix. Então, para ajudar, fizemos uma lista com filmes e séries  similares a Dark da Netflix e que podem te ajudar a superar a conclusão da série.

 

O que assistir após o fim de Dark da Netflix?

 

O Predestinado

Esse filme australiano de 2014 conta a história de um agente que para evitar um ataque criminoso precisa viajar no tempo.

Dark da Netflix
Foto: Adoro Cinema

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Além de uma premissa que já se mostra parecida com a série, o enredo tem outras grandes similares ao de Dark da Netlix.  Isto é, “O predestinado” traz também uma trama cheia de mistérios e elementos investigativos muito interessantes. Para aqueles que gostaram do arco do personagem Ulrich Nielsen na série, esse filme pode ser uma boa pedida!

Assim como na série, a trama nos mostra que tudo é um pouco mais complicado do que parece ser.  Então, temas como: “causa e efeito” e o de ciclos temporais, são também fortemente debatidos no filme.

Curon

Sem dúvidas, a Netflix está se especializando em produzir séries europeias sombrias, e Curon parece ser a nova investida da plataforma. A trama italiana lançada em 2020 segue a história de um núcleo familiar composto por uma mãe e seus dois filhos. Ela então se vê forçada a retornar para sua pequena cidade natal, cujo nome dá o título a série.

Desse modo, os mistérios que antes a forçaram a deixar a cidade quando jovem, são aos poucos revelados conforme o enredo vai se desenvolvendo.

Dark da Netflix
Foto: Jornada Geek

 

 

 

 

 

 

 

Curon conta com uma pegada mais sobrenatural do que Dark da Netflix. Mesmo assim, deve agradar os fãs com seus poderosos elementos de mistério que permeiam a aparente pacata e pequena cidade.

Donnie Darko – filme tipo Dark da Netflix

Considerada pela crítica uma verdadeira obra prima de terror sobrenatural surrealista, esse filme de 2001 mudou a forma como histórias de ficção científica são contadas, se tornando então uma eterna referência.

Donnie Darko é um adolescente antissocial e muito inteligente tem visões macabras de um coelho, que o induz a fazer travessuras sinistras. Mas não para por aí.

Foto: Dark Side Blog

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Embora o filme no início se pareça com uma simples narrativa de terror psicológico, tudo muda com o avanço do enredo. Afinal, não demora para o coelho da visão de Donnie profetizar um apocalipse e para o tema de viagem temporal e dimensional ser introduzido. Isso por sua vez, transforma a trama em algo muito maior, muito mais difícil de entender, mas com certeza muito mais intrigante e interessante.

Foto: Crush em dti-fi

 

 

 

 

 

 

 

 

Assim, Donnie Darko possui diversas semelhanças com Dark, seja ao retratar a história de um “escolhido” para salvar o mundo do apocalipse, ou ao construir uma atmosfera de suspense que envolve temas físicos e cósmicos.

 

O que assistir após o fim de Dark da Netflix: The OA

Assim como Dark, The OA conta com um enredo cheio de suspense que certamente vai te manter colado no sofá. Até agora são 2 temporadas

A série mescla e empresta de gêneros como ficção científica, drama, sobrenatural e fantasia. Assim, introduz a história de uma jovem cega que ao retornar de seu desaparecimento de 7 anos, aparenta estar completamente transformada e agora com habilidade de enxergar.

De forma similar a Dark, The OA  se desafia a contestar leis físicas de tempo e espaço.

Foto: Sensacine

 

 

 

 

 

 

 

 

The OA se encontra disponível para ser assistida na Netflix, e conta atualmente com 2 temporadas, uma lançada em 2016 e a outra, em 2019.

 

A chegada

Para aqueles que adoraram as diversas reflexões filosóficas sobre o tempo – e suas contradições propostas por Dark -, esse filme norte americano de 2016 vai cair como uma luva.

O filme começa com a chegada de naves alienígenas misteriosas na Terra. Após isso, uma linguista é chamada para desenvolver uma forma de comunicação com seres que habitam as naves. Apesar da sinopse lembrar inicialmente uma clássica ficção científica, a produção prova ser muito mais do que isso.

Foto: Cosmonerd

Os personagens que adentram as naves buscam então o enigmático conhecimento das figuras que as habitam. Após diversos diálogos com as figuras sinistras, a sabedoria delas fica clara, e se mostra profunda e esclarecedora, revelando uma perspectiva diferente quanto ao tempo e sua passagem.

Com isso, A chegada se torna uma obra cinematográfica que não se prende em padrões de como contar uma história, inovando e nos surpreendendo com suas conclusões finais.

Foto: Galoá Journal

 

 

 

 

 

 

 

 

O filme tem uma incrível atmosfera de mistério, provinda de uma direção minimalista de Denis Villeneuve e uma trilha sonora impactante. Conta também com performances geniais de Amy Adams e Jeremy Renner.

Foto: Streaming Brasil

A Chegada promete deixar qualquer um surpreso e muito pensativo mesmo após o fim do filme, podendo assim distrair um pouco do final de Dark da Netflix.

Stranger Things, certamente você vai ficar sem fôlego, assim como Dark da Netlix

Uma recomendação que não poderia faltar! Stranger Things tem que estar no arsenal de qualquer fã de histórias de ficção científica e de mistério. A série conta com elementos muito similares a Dark, ao se passar em uma pequena cidade atormentada por desaparecimentos conectados a acontecimentos muito mais sombrios.

Foto: Aficionados

Contando com uma narrativa que se passa nos anos de 1980, a série trás com estilo mistérios que envolvem temas como dimensões paralelas, aberrações monstruosas e humanos com super habilidades, como a personagem Eleven.

 

Twin Peaks

Se os quebras cabeça de Dark o mantiveram viciados na série, Twin Peaks é quase que como um próximo passo natural. Sua primeira temporada tem início quando o corpo de uma jovem, enrolado em plástico, é encontrado na costa de um lago de uma pequena cidade próxima a fronteira com o Canadá.

O excêntrico detetive do FBI Dale Cooper, é então enviado a pacata cidade para investigar o ocorrido e descobrir o assassino. Todavia, isso se torna um desafio já que quanto mais ele e sua equipe de policiais investigam, mais segredos surgem sobre os bizarros moradores de Twin Peaks.

Foto: Magg
Foto: O globo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Assistir e entender Twin Peaks se torna um grande desafio, na medida que a realidade muitas vezes é misturada com a “surrealidade” e os fatos parecem ser misturados com visões e sonhos.

Desse modo, Twin Peaks é ideal para aqueles que adoram discutir sobre seriados e sobre teorias que procuram fazer sentido da narrativa, existindo diversos fóruns online e vídeos que propõe diferentes alternativas para os muitos mistérios.

Além disso, vale ressaltar que o toque surrealista não só torna a série mais enigmática, mas também mais sombria. Isto é, é justamente a trilha sonora orquestral da série e seus enquadramentos que imitam uma novela antiga transformam Twin Peaks em algo tão sinistro. Cada cena e cada ação de um personagens é mais imprevisível do que a outra.

Foto: Istoé

 

 

 

 

 

 

 

Como assistir Twin Peaks

Para assistir, recomenda-se começar com as duas primeiras temporadas, seguidas do filme “Twin Peaks: Os últimos dias de Laura Palmer” (cujo enredo antecede cronologicamente a primeira temporada) e finalizando com a terceira temporada, que por sua vez se encontra disponível na Netflix.

Bom, agora você já está pronto para dar o play.

 

Fonte: Wikipédia