Ennio Morricone: 6 trilhas sonoras famosas do compositor

0 72

Com mais de 500 filmes e programas de televisão, além de mais de 100 obras clássicas, o compositor Ennio Morricone ( falecido aos 91 anos ) escreveu, orquestrou e excursionou incessantemente, refinando e expandindo seu repertório para acomodar diferentes visões e sons em constante mudança. O músico italiano deixa para trás um extraordinário conjunto de trabalhos que inclui colaborações com notáveis ​​cineastas, como Quentin Tarantino.

Portanto, em homenagem a um dos maiores nomes do cinema, aqui estão seis faixas de Ennio Morricone que você precisa ouvir:

TRÊS HOMENS EM CONFLITO

O terceiro filme da chamada ‘Trilogia dos Dólares’, após ‘Um punhado de dólares’ e ‘Por uns dólares a mais’, gira em torno de três pistoleiros competindo para encontrar uma fortuna em ouro confederado enterrado. De fato, a partitura mais famosa de Morricone combina uma melodia clássica com guitarras elétricas e gritos vocais dramáticos, que representam o uivo dos coiotes.

ERA UMA VEZ NO OESTE (1968)

Uma história épica com todos os ingredientes esperados: um homem misterioso (com gaita), um notório desesperado, a bela viúva em perigo e um cruel assassino. Então, essa trilha sonora lírica e com tonalidade de gaita ajudou a tornar o oeste brutal do diretor Sergio Leone, estrelado por Henry Fonda e Charles Bronson, um dos maiores clássicos de todos os tempos.

 

 

ERA UMA VEZ NA AMÉRICA (1984)

Harmônicas, vocalizações e assobios aparecem na trilha sonora assombrosa e romântica de Ennio Morricone, ganhadora do BAFTA. A trilha faz parte da saga épica de Sergio Leone sobre gângsteres judeus em Nova York. Robert de Niro e James Woods lideraram um elenco brilhante.

 

A MISSÃO (1986)

A trilha sonora de Ennio Morricone indicada ao Oscar funde coros barrocos com batidas tribais para evocar o choque cultural dos jesuítas espanhóis do século XVIII e dos índios amazônicos. Robert de Niro e Jeremy Irons fizeram performances notáveis, mas a música e a cinematografia roubaram o show.

 

OS INTOCÁVEIS (1987)

O agente federal Eliot Ness (Kevin Costner) decide parar Al Capone (Robert de Niro); por causa de uma corrupção desenfreada, ele reúne uma equipe pequena e escolhida a dedo, incluindo Jim Malone (Sean Connery em um papel vencedor do Oscar). Toda a atmosfera de tensão e proibição do drama gangster do diretor Brian de Palma é capturada na emocionante trilha sonora de Morricone, indicada ao Oscar e ganhadora do BAFTA.

 

OS OITO ODIADOS (2015)

Então, finalmente, um merecido Oscar, por sua música. Ennio Morricone, vencedor do prêmio de Melhor Trilha Sonora Original pelo filme de Quentin Tarantino ” Os Oito Odiados ” no Oscar 2016