Óleo de rosa mosqueta: para que serve e como usar

Conheça o óleo essencial queridinho para cuidados da pele

1 11.158

O óleo de rosa mosqueta está entre os queridinhos para cuidados da pele. Extraído das sementes de uma planta silvestre, é uma fonte riquíssima de ácidos graxos essenciais, vitaminas e antioxidantes.

Por conta de todos esses nutrientes, o óleo de rosa mosqueta possui um grande efeito emoliente e regenerador, o que o torna um grande aliado para cuidar de diversos aspectos da pele, como estrias, linhas de expressão, rugas, cicatrizes, queloides e ressecamento.

O óleo é ainda capaz de reforçar a síntese do colágeno e da elastina, o que fortalece a pele e ainda dá firmeza, além nutrir profundamente.

Benefícios do óleo de rosa mosqueta

Por ter um grande efeito regenerador, o óleo é indicado para quem tem a pele seca e áspera. Pode ser usado no corpo e também no rosto, inclusive como cicatrizante.

Estrias

As estrias aparecem quando as fibras elásticas da derme são obstruídas, normalmente quando a pele é esticada, como durante a gestação, após o ganho de peso ou até mesmo na adolescência, com o crescimento acelerado do corpo.

O óleo de rosa mosqueta é especialmente indicado para as grávidas como forma de prevenção de estrias. Apesar de não eliminar inteiramente as brancas, que são as mais antigas, pode atenuar bastante o aspecto. No entanto, é um poderoso aliado para eliminar as estrias avermelhadas, que são aquelas mais recentes e ainda estão em processo inflamatório, além de prevenir o aparecimento de novas.

Antienvelhecimento

O óleo de rosa mosqueta é rico em Vitamina C, o que garante a ação antienvelhecimento do produto. Por ser antioxidante, o óleo age na recuperação da barreira cutânea da pele, evitando o aparecimento de rugas e linhas de expressão.

A Vitamina A, também presente no óleo, já é um conhecido aliado para amenizar o aspecto das rugas, além de reparar os danos causados pelos raios UV. O óleo ajuda ainda na produção de colágeno por ser capaz de penetrar nas camadas mais profundas da pele.

Hidratação

Um dos elementos do óleo de rosa mosqueta é o ácido linoleico, que é um componente essencial das ceramidas, o maior elemento hidratante da pele. Aliado ao ômega 6 e ômega 9, o óleo ganha um alto poder hidratante, proporcionando uma pele sedosa e iluminada.

Manchas na pele

A ação antioxidante do óleo de rosa mosqueta tem ainda uma outra função, que é regenerar as células. A vitamina C é capaz de reduzir a hiperpigmentação de forma bastante efetiva, clareando a pele. Os retinóides do óleo também atuam nessa frente, acelerando a maturação e rotatividade das células.

Queimaduras e acnes

Essa mesma ação regeneradora atua também na cicatrização, auxiliando o tratamento de queimaduras, inclusive pelo poder anti-inflamatório do óleo de rosa mosqueta. Por promover a renovação celular, o uso do óleo também reduz o entupimento folicular e a formação de cravos.

Como usar o óleo de rosa mosqueta

O óleo pode ser usado no rosto e no corpo. A aplicação ideal é após o banho, quando a pele está limpa e pronta para receber a hidratação.

Basta aplicar algumas gotas na região desejada e espalhar massageando em movimentos circulares, até que o óleo seja completamente absorvido pela pele.

Leia mais:

+ Óleo De Prímula: Para Que Serve E Quais São Os Benefícios?

+ 5 Óleos Essenciais Para Cabelos Mais Longos E Saudáveis

+ Óleo de jojoba – Para que serve o melhor óleo vegetal para pele e cabelos

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais

Privacy & Cookies Policy