Incenso natural atrai energias positivas para o ambiente

0 1.169

A história do incenso natural tem a ver com a relação humana com o fogo. Afinal, nossos antepassados não demoraram muito para descobrir que queimar certas plantas rendia aromas deliciosos.

Ao longo do tempo, o incenso foi usado como oferenda aos deuses e já foi até disputado por reis e diferentes nações. Aliás, dizem que em Alexandria, no Egito antigo, era tão valioso que os escravos trabalhavam quase nus para não roubarem incenso dentro das roupas.

Hoje, a ciência sabe que a aromaterapia é poderosa. Isso porque sua influência vale tanto para o campo emocional quanto energético de uma pessoa ou ambiente. Você pode usar o incenso para equilibrar energias, purificar, ajudar na prática da meditação ou simplesmente deixar um cheirinho bom em casa.

Vamos então conhecer um pouco mais sobre o incenso natural e aprender a fazer suas próprias versões caseiras.

 

O que é o incenso natural

incenso natural
Imagem: Reprodução / Unsplash

 

Você encontra no mercado muitas opções de marcas e tipos de incenso. E muita gente acredita que todos são naturais. No entanto, é preciso um olhar cuidadoso na lista de ingredientes para confirmar essa informação.

Em primeiro lugar, o verdadeiro incenso natural é mais cheiroso e queima por mais tempo. Mas o principal ponto positivo é que não contém agentes nocivos à saúde, como cola, pólvora, formol e chumbo, por exemplo. Essas substâncias podem ser bem perigosas e até cancerígenas. Além disso, é feito a partir de óleos naturais e ervas e sua fumaça é mais clarinha.

 

Incensos: benefícios e funções

benefícios e funções
Imagem: Reprodução / Unsplash

 

Ainda que você se preocupe mais com o aroma do que com a indicação de uso do incenso natural, vale conhecer os benefícios que ele proporciona.

Umas de suas maiores propriedades é, de fato, promover uma limpeza energética no ambiente. Nesse sentido, aposte em incensos feitos com breu-branco e arruda, que ajudam a purificar.

Também é muito comum acender o incenso para acompanhar momentos de meditação, principalmente quando o incenso natural contém mirra e olíbano.

Além disso, você pode combater o estresse com plantas de efeito calmante. Entre elas, temos lavanda, cânfora e rosa. Essa última ainda tem poder afrodisíaco e antidepressivo.

Ademais, você pode usá-lo ao mentalizar desejos e metas. Aproveite para queimar ervas com características estimulantes, que melhoram a produtividade. Ou seja, vá de incensos à base de laranja, alecrim, limão, cravo e canela.

 

Como fazer incenso natural

como fazer incenso natural
Imagem: Reprodução / Pinterest

 

Ficou curioso para aprender a fazer seu próprio incenso natural? Pois a gente te ensina!

Em primeiro lugar, você precisa escolher as ervas. As melhores e mais fáceis de encontrar são alecrim, lavanda, sálvia, arruda, hortelã, capim-limão e manjericão. Combine, no máximo, três plantas por vez.

Para adicionar um aroma extra, acrescente flores como rosa ou camomila ao seu incenso.

Junte as ervas e corte-as em um tamanho de 15 a 20 cm. Em seguida, amarre o ramo com um barbante de algodão. Você pode dar umas três ou quatro voltas e fazer nós em alguns pontos, para que o rolo não se solte. Além disso, quanto mais você apertar, mais lentamente o incenso vai queimar.

O ideal é amarrar o ramo de incense de baixo para cima e, depois, de volta ate a base, finalizando com um nó.

incenso de lavanda
Imagem: Reprodução / Pinterest

 

Você pode ainda enrolar as ervas em papel vegetal, como se fosse um charuto. Mas nunca use papel comum ou que já tenha sido usado. Aliás, quando for montar seu incenso natural você pode escrever, a lápis, seus desejos. Então, amarre e faça um nó com o barbante.

É importante ter cuidado na hora de queimar o incenso. Use sempre um pote de vidro, cerâmica ou barro. Acenda com um fósforo. Assopre a chama depois de dois minutos e deixe o produto no suporte ou ande com ele pelos cômodos da casa para limpar o ambiente.

Procure fazer isso em áreas abertas e evite a exposição de bebês e idosos à fumaça. Os dois grupos são mais sensíveis a alergias e podem ter mais dificuldade na respiração.

Veja mais dicas para fazer seu incenso em casa.

 

 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais

Privacy & Cookies Policy