Fitatos: descubra o que são e como eliminar os antinutrientes das leguminosas

0 1.065

Você sabe o que são fitatos? Provavelmente você consumiu essa substância sua vida inteira, em vários alimentos e nem se deu conta que ele estava lá. Mas agora, com as novas pesquisas em nutrição, podemos nos alimentar de forma muito melhor, muito mais saudável e inteligente! Conheça os fitatos, saiba como acabar com eles e mude de vez sua alimentação.

A alimentação das pessoas, de forma geral, nem sempre é equilibrada e de qualidade. Além das besteiras do dia a dia, frituras e doces fora da dieta, ainda existem alimentos que, mesmo parecendo saudáveis, podem nos fazer mal quando mal preparados.

Isso porque eles contêm substâncias chamadas de antinutrientes, que podem atrapalhar nosso processo de alimentação e absorção das partes benéficas do alimento. Mas, calma! Existe uma maneira de eliminá-los de vez da nossa alimentação.

Imagem de salada com legumes e verduras diversas
Imagem: Reprodução / Pexels

O que são fitatos?

O ácido fítico é um composto antinutriente presente nos vegetais que pode impedir ou dificultar a absorção de nutrientes essenciais pelo nosso organismo.

Ele está presente principalmente em alimentos que têm a forma grãos e legumes. Mas a boa notícia é que o ácido fítico pode ser quase completamente eliminado dos alimentos.

 

Saiba tudo sobre os fitatos e como eliminá-los

Os fitatos são substâncias que se desenvolvem de maneira natural em inúmeras plantas. Estas plantinhas utilizam o ácido fítico em sua vida com um propósito, com a intenção de armazenar o fósforo em suas células, um elemento muito importante para seu desenvolvimento, durante o amadurecimento das sementes.

Apesar de ter uma função importante para as plantas, agindo como agente de defesa e participando da germinação destes vegetais, os fitatos estão entre os principais fatores antinutricionais conhecidos da alimentação humana.

 

Malefícios do ácido fítico na alimentação

Quais são os prejuízos de comer alimentos que tenham fitatos em sua composição? São diversos! Os fitatos, estes apresentam grande propriedade em se ligar de forma estável a componentes aminoácidos e a íons de cálcio, magnésio, zinco, cobre, ferro e potássio dos alimentos. Assim, formam sais insolúveis, que não são absorvidos pelo nosso organismo.

Isso acaba diminuindo a quantidade de nutrientes ingeridos na nossa alimentação e, a longo prazo, pode afetar suas taxas nutricionais.

Ah, os fitatos também causam gases e desconforto intestinal também, sendo um dos principais responsáveis por aquela má digestão depois de uma bela feijoada!

 

Ervilhas contém fitatos
Imagem: Reprodução / Pexels

Alimentos que possuem fitatos

Você imagina onde possam estar escondidos estes antinutrientes? O fitato é um componente que pode ser encontrado em inúmeros alimentos de origem vegetal, principalmente naqueles que estejam na forma de grãos ou sementes. Dessa maneira, podemos encontrar ácido fítico em grande quantidade também em algumas leguminosas.

Esses antinutrientes são capazes de atrapalhar, de maneira geral, na absorção dos principais componentes minerais benéficos presentes no alimento, como o ferro, zinco, magnésio e cálcio, prejudicando o estado nutricional das pessoas a longo prazo. Descubra agora alguns dos alimentos do seu dia a dia que contenham fitatos!

 

Feijões (de todos os tipos):

Os feijões, tão consumidos na culinária brasileira e muito ricos em fibras, são os principais afetados pela quantidade de fitatos ingeridos na nossa alimentação. Mas não deixe de consumi-lo, pois ele é muito importante na nossa nutrição!

Lentilha:

esse grãozinho verde tão simpático, presente todos os anos na nossa ceia de natal também é um dos principais grãos que carregam ácido fítico em sua composição!

Grão-de-bico e soja:

Para os veganos de plantão e amantes de hommus, o grão de bico também contém muitos fitatos! Deixe seu alimento de molho para evitá-los!

Outros cereais e grãos da alimentação:

Fique sempre de olho! Os alimentos em forma de grãos, sementes ou cereais são os principais produtos que contém este antinutriente na nossa alimentação!

Mesa rica em alimentos diversos, grãos e folhas verdes
Imagem: Reprodução/ Pixabay

Como eliminar de vez o ácido fítico do seu dia a dia

O mais importante é saber como eliminar os fitatos dos seus alimentos, para que você volte a consumi-los sem medo! Grande quantidade do ácido fítico que está presente em grãos e nos legumes pode ser encontrada em sua parte mais externa.

Ainda, os fitatos, assim como diversos outros antinutrientes, podem se diluir em água. Então é simples!

Dessa maneira, quando os alimentos são imersos, por um período de tempo, em água limpa, eles simplesmente desaparecem.

Dessa forma, os alimentos que contém maior quantidade de fitatos devem passar por um processo mais atencioso de limpeza antes do seu preparo, para o bem da sua saúde!

 

A salvação do demolho

O processo que mais funciona para acabar de vez com os fitatos da sua alimentação (e prático e barato também) é chamado de demolho. Ele é uma incrível maneira de diminuir sua quantidade e seus efeitos na alimentação, apenas deixando seus grãos e leguminosas de molho durante o período da noite.

No dia seguinte, jogue a água fora, lave novamente os grãos com ajuda de uma vasilha com furos e aí então prepare seu alimento! Também é importante, além de descansar estes alimentos em água por um tempo, cozinhar muito bem estes vegetais.

Por isso, não utilize o demolho somente com os grãos não! Você também pode fazer essa técnica em diversos outros vegetais e legumes, descansando seu alimento em água fresca e limpa por um tempo.

Dessa maneira, elimine de vez todos os fatores que fazem mal da sua rotina!

Siga-nos no 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais

Privacy & Cookies Policy