FaceApp: famosos se divertem com ‘troca’ de gênero; veja fotos

Angélica, Maisa e Tatá Werneck são algumas famosas que se divertiram com o aplicativo

0 6.864

Provavelmente sua timeline no último fim de semana estava lotada de fotos de amigos e famosos mostrando como eles seriam se fosse do sexo oposto: é mais um viral da internet que está fazendo sucesso no mundo todo, especialmente no Brasil. O responsável pela ‘troca’ de sexo é o FaceApp, um aplicativo também conhecido por deixar as pessoas mais velhas.

+ Leia mais: WhatsApp Escolhe O Brasil Para Estrear Novo Recurso De Pagamentos

+Leia mais: Veja Lista De Famosos Que Deixaram A Globo Em 2020

Mudança de gênero no FaceApp – Veja como ficaram os famosos

 

Ex-bbbs

Maísa – FaceApp

 

Adriane Galisteu

 

Angélica

facea

Fernanda Paes Leme

 

Tatá Werneck

 

Rafa Vitti

 

O que é FaceApp?

O FaceApp é um serviço russo que surgiu em 2017 e utiliza inteligência artificial para modificar o rosto das pessoas de forma divertida. Ele permite deixar o indivíduo com aparência envelhecida, rejuvenescida, experimentar diferentes cortes de cabelo etc.

Para participar da febre, primeiramente é precisa fazer download do aplicativo. Ele tem versões para iOS e Android, e também uma versão gratuita.

FaceApp – Cuidados com a segurança

Apesar da proposta divertida, no ano passado a segurança do aplicativo foi colada em xeque, isso porque a companhia não oferecia informações de como os dados dos usuários serão usados. E de lá pra, as brechas na política de segurança continuam as mesmas.

Contudo, entre os trechos polêmicos da Política de Privacidade do FaceApp está um que diz o seguinte:

“Usamos ferramentas de estatísticas de terceiros para nos ajudar a mensurar o tráfego e as tendências de uso do Serviço. Essas ferramentas coletam informações enviadas pelo seu dispositivo ou nosso Serviço, incluindo as páginas web que você visita, add-ons e outras informações que nos ajudem a melhorar o Serviço. Coletamos e usamos estas informações estatísticas com informações estatísticas de outros Usuários, assim ela não pode ser usada para identificar qualquer Usuário em particular.”

Em outras palavras, isso significa que, ao concordar com essas diretrizes no momento de instalação do aplicativo, o usuário autoriza que o FaceApp e empresas parceiras coletem dados pessoais, como o histórico de navegação na internet, por exemplo.