WhatsApp escolhe o Brasil para estrear novo recurso de pagamentos

Fazer transações será tão simples quanto compartilhar fotos, anunciou Mark Zuckerberg

0 77

Os usuários do WhatsApp no Brasil serão os primeiros do mundo a receberem uma atualizaçãio que permitirá ao aplicativo enviar e receber dinheiro. O anúncio foi feito nesta segunda-feira pelo CEO do Facebook, Mark Zuckerberg.

“Hoje nós estamos começando a lançar pagamentos para pessoas que utilizam o WhatsApp no Brasil. Estamos fazendo com que o envio e o recebimento de dinheiro sejam tão simples quando o compartilhamento de fotos”, informou Zuckerberg em post no seu perfil do Facebook.

O executivo-chefe do Facebook disse ainda que sua equipe está trabalhando para permitir que pequenos empreendedores possam realizar suas vendas através do aplicativo de mensagens. “Para isso, criamos o Facebook Pay, que fornece uma maneira segura e consistente de efetuar pagamentos em nossos aplicativos”, acrescentou.

Zuckerberg explicou que o WhatsApp já está trabalhando com bancos locais, como o Banco do Brasil, Nubank, Sicredi e Cielo, para facilitar o processamento dos pagamentos para os comerciantes brasileiros através do aplicativo. “O Brasil é o primeiro país em que estamos lançando amplamente pagamentos no WhatsApp. Mais em breve!”, completou.

Como vai funcionar

A nova função “Pagamento” passará a aparecer no aplicativo gradualmente partir desta semana. Ao acessá-la, o usuário informa um valor e, no primeiro acesso, deverá criar uma conta. Para isso, precisa aceitar os termos de uso, criar uma senha e inserir seus dados.

Em seguida, o usuário deverá informar o número de um cartão. A princípio, precisa ser de um dos três bancos participantes. Mas, no futuro, a lista de parceiros deve aumentar. Por fim, a verificação do cartão será feita por SMS, e-mail ou pelo aplicativo do banco.

O WhatsApp não cobrará taxas pelas transações feitas por pessoas físicas. Já as empresas estarão sujeitas à cobrança de uma comissão para poder receber seus pagamentos, a exemplo do que já acontece com as máquinas de cartões.