7 dicas de como servir o melhor espumante de Réveillon

1 49

Uma das maiores dúvidas que surgem no réveillon é sobre qual espumante escolher para celebrar sua festa. Uma curiosidade que muitos não sabem é que nem todo vinho pode ser chamado de espumante. Portanto, separamos 7 dicas de como escolher e servir o melhor espumante de Réveillon e alguns tipos dessa bebida. Confira:

 

Por que brindar com espumante no réveillon?

A história é antiga e tem a ver com nobreza. O Champagne era um vinho comum na época, porém, outra fermentação começava na bebida, durante o transporte para os locais de consumo. Tudo isso porque a bebida era transportada em barril, e o dióxido de carbono liberado por ele entrava no líquido, criando as famosas bolhas que conhecemos.

Então, a nobreza da França começou a gostar da bebida, e as classes mais baixas também passaram a consumir ela. Como os mais pobres não podiam pagar diariamente por isso, o hábito se tornou comum em datas especiais como casamentos e viradas do ano. Com esse sucesso, os produtores começaram a expandir o mercado, e isso foi bem fácil, já que a região do Champagne era banhada por rios importantes da França, e na época, o transporte de mercadorias era fluvial.

O champagne foi dominando outros locais da Europa, antes mesmo de outros espumantes, até que Luiz XV definiu a bebida como o primeiro vinho que poderia ser vendido em garrafas, ao invés de barris. Com o tempo, as garrafas passaram a ser lacradas com rolhas e arames, fazendo os espumantes aguentarem mais tempo. Don Perignon não inventou a bebida, mas fez com que ela se tornasse importantes nas festas de final de ano.

espumante de Réveillon
(Foto: Pexels)

Champagne ou espumante?

Se você gastou uma nota na bebida, e se ela foi produzida na região de Champagne na França, então pode chamar seu vinho de Champagne sem medo, caso contrário, é espumante e só. Se o vinho for espanhol, se chama Cava, e nos Estados Unidos se chama ‘sparkling wine’, que seria ‘vinho espumante’.

O espumante é atraente visualmente, por causa das suas bolhas. Por conta dessas bolhinhas ou perlages em uma boa taça, o ar de festividade e elegância não passa batido. A sidra é bastante servida em festas de véspera de ano novo, porém, ela é apenas um fermentado de maçã, e não tem nada a ver com uva, champagne ou espumante.

espumante de Réveillon
(Foto: Pexels)

Como servir espumante de réveillon?

 

  1. Primeiro, você vai gelar todas as garrafas por pelo menos uma hora de antecedência. Coloque-as no freezer e veja se tem espaço suficiente. A bebida deve ser servida de 5 a 10 graus.

 

  1. É uma tradição apenas comemorativa estourar o espumante, mas você não precisa fazer isso para tomar do jeito ‘correto’. Porém, você pode fazer isso com algo mais barato, já que ao estourar, você perderá muito líquido em forma de espuma.

 

  1. Depois de estourar o espumante barato, para o brinde, sirva algo mais requintado para os convidados. Portanto, a qualidade irá baixar conforme o tempo passa.

 

  1. Tenha cuidado na hora de abrir o espumante, e aponte para um local onde não tenha pessoas nem lâmpadas.

 

  1. Sirva até a metade da taça, sem encher.

 

  1. Não sirva o espumante em copos, e sim em taças próprias. Veja se tem o número ideal de taças dentro do armário, antes dos convidados chegarem. Você pode usar taças de acrílico se a festa for na praia, para não correr o risco de quebrar e se machucar com o vidro.

 

  1. Petiscos para acompanhar a bebida? Qualquer coisa salgada ou frita caíra bem, desde batatas fritas a camarão.

 

espumante de Réveillon
(Foto: Pexels)

Tipos de espumante

 

  • Moscatel: esse é o mais querido de todos, de fácil consumo e muito doce. Espumantes muito bons podem ser encontrados por um bom preço aqui no Brasil.

 

  • Demi-sec: você pode experimentar essa bebida meio doce caso queira algo mais robusto e menos enjoativo que o moscatel.

 

  • Brut: esse é mais excêntrico e com mais personalidade que os outros dois espumantes. Também requer um paladar mais aguçado, para que você volte a consumi-lo. Poderia ser um vinho ‘seco’.

 

Agora que você já sabe um pouco sobre espumantes, não deixe as dicas passarem batidas. E lembre-se de curtir muito a festa, independentemente da bebida. Se não curte espumante, apenas tome um pouco no brinde e volte a tomar suas bebidas preferidas. O importante é se divertir!

 

Fonte: Vem da Uva

Siga-nos no 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais

Privacy & Cookies Policy