Body Positive: dicas para amar seu corpo e influenciadoras adeptas

0 36

Body positive é um movimento bastante conhecido e que ganha cada vez mais força. Mas você sabe exatamente o que está por trás dele?

É difícil encontrar alguém que nunca se sentiu insatisfeita com o próprio corpo, que nunca se comparou com alguma celebridade, ou até mesmo uma amiga próxima. Mas, como bem sabemos, a grama do vizinho é sempre mais verde, não é mesmo?

Talvez não seja e, pensando nisso, o movimento body positive tem o objetivo de nos libertar desses sentimentos, dessas cobranças e comparações.

 

O que é body positive?

movimento corpo livre
Imagem: Reprodução / Alexandrismos.

 

Apesar de acharmos que este é um movimento recente, ele teve início em 1977, com o lema “meu corpo, minhas regras”, que até hoje é muito forte e presente nas lutas feministas, além do body positive. Mas, é claro que, recentemente, ele ganhou mais força e trouxe visibilidade para a luta pela representatividade dos corpos “fora do padrão”.

body positive é bem mais do que normalizar corpos gordos e femininos, como muita gente pensa. Esse movimento abraça também os homens; as pessoas com condições de pele, como vitiligo, melasma, albinismo, etc.; homens e mulheres com alguma deficiência, entre elas membros amputados, paralisia, nanismo; entre outros.

 

Body positive nas redes sociais

Por muito tempo, as redes sociais mostravam influenciadores com vidas perfeitas e corpos perfeitos, Porém, eram corpos perfeitos brancos e magros. Apenas. De uns tempos para cá, os usuários buscam ver mais conteúdos da vida real, mais diversidade e uma identificação com o lado humano dessas pessoas que se expõe na internet.

Apesar de as redes sociais serem uma das grandes responsáveis por ansiedade, depressão e comparações desleais, quando mudamos a maneira de usarmos, elas também podem ser muito benéficas. Isso porque, muitas influenciadoras digitais abraçaram o movimento body positive e inspiram milhões de meninas, mulheres e homens de todas as idades, gêneros, corpos e cores…

Que tal se inspirar com algumas influenciadoras brasileiras adeptas ao movimento body positive?

 

Dora Figueiredo – corpo, sexo e saúde mental

body positive
Imagem: Reprodução / Dora Figueiredo.

 

Primeiramente, a influenciadora Dora Figueiredo, com quase 3 milhões de seguidores em suas redes sociais, viralizou com seu relato sobre um relacionamento abusivo e hoje, também inspira milhões de meninas e mulheres a amarem seus corpos e cuidarem da saúde mental.

Carine Guimarães – vitiligo

body positive
Imagem: Reprodução / Carine Guimarães.

 

Em segundo lugar, está a modelo baiana Carine Guimarães, que compartilha muito sobre o vitiligo, uma doença que provoca descoloração da pele, sem vitimismo.

Ju Romano – corpo, autoestima e moda plus size

body positive
Imagem: Reprodução / Ju Romano.

 

Em terceiro lugar, temos Ju Romano. A “repórter de beleza e moda e criadora de conteúdo digital”, como ela mesma se descreve, compartilha dicas de moda plus size, dicas de como amar seu corpo e elevar a autoestima, desde 2009.

Caio Revela – corpo e QUEER

corpo livre
Imagem: Reprodução / Caio Revela.

 

Finalmente, o criador de conteúdo, modelo, stylist e ativista body positive, Caio, compartilha sua visão sobre ser gordo e homossexual com muito humor!

Dicas do body positive para amar o seu corpo

body positive
Imagem: Reprodução / Pequena Lo.

 

Por fim, precisamos dar algumas dicas para você também se amar, do jeitinho que você é!

Compare-se apenas a uma pessoa: você!

Em primeiro lugar só podia ser essa dica! É muito importante que você aprenda a não se comparar com outras pessoas. Isso porque todos tem suas singularidades e nada disso te torna melhor ou pior do que ninguém, apenas diferente.

Dica do body positive: aceitar é diferente de se conformar

Amar e aceitar o seu corpo não significa que você nunca mais poderá mudar. Na verdade, o que o body positive prega é que você reflita sobre o por quê de querer mudar: se é por você ou pelos padrões impostos pela sociedade.

Quando você ama o seu corpo, quer cuidar dele por esse amor e não pela falta dele.

Tenha paciência com você mesma

Por fim, a última dica do body positive é que você tenha paciência com você mesma durante a sua jornada de autoconhecimento e amor próprio. Seja gentil com você e com o seu corpo e entenda que todo processo tem seus altos e baixos e só assim você evoluirá.

Siga-nos no 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais

Privacy & Cookies Policy