Conheça 8 benefícios da dança do ventre e os tipos

0 34

A dança do ventre, é uma das modalidades de danças, que tem benefícios tanto para o corpo quanto para mente. Chegou ao Brasil há pouco tempo, ganhando popularidade em 2001 após uma novela da TV Globo mostrar um pouco mais da dança oriental. Se procura um exercício para modelar o corpo e com diversos benefícios, conheça mais sobre a dança do ventre.

História da dança do ventre

Não sabe sabe ao certo em que país e quando a dança do ventre surgiu, mas acredita-se que é originária do Antigo Egito. Historiadores acreditam que a dança está ligada à rituais religiosos para fertilidade feminina. Nessa época, a dança não contava com as roupas que são usadas atualmente e eram direcionada apenas para mulheres em um ambiente restrito, sem qualquer apresentação.

Com a chegada dos árabes no Egito, segundo historiadores, eles se apropriaram da dança e foram os responsáveis por disseminar a prática pela região e mundo. A dança começou a fazer parte da cultura, acabou perdendo o papel religioso e foi passada de geração para geração, se tornando uma dança típica do oriente.

A dança não era tão popular no Brasil quanto outras danças, mas no ano de 2001, com a novela O Clone, que retratava a vida de uma jovem chamada Jade e que dançava, a dança do ventre se tornou popular e logo começaram a surgir escolas especializadas para o público em geral.

dança do ventre
Foto: TV Globo

+ 60 afirmações para fazer antes de dormir e mudar a sua vida

Benefícios da prática

Além da beleza da dança, é possível obter diversos benefícios para a saúde com a prática, conheça os benefícios:

1- Auxilia no emagrecimento: a dança do ventre é uma dança que mexe o corpo todo e estima-se que uma aula queime até 300 calorias, o que equivale a quase andar 9km na esteira. Portanto, é uma boa opção de exercício físico para emagrecer.

2- Trabalha o corpo todo: é uma dança que usa o corpo inteiro para fazer os movimentos, dos pés à cabeça. E por esse motivo, acaba trazendo benefícios à saúde para o corpo todo. Melhora o sistema cardíaco, circulatório, respiratório e muscular.

3- Tonifica o corpo: os músculos são ativados no momento da dança, trabalhando todos de forma igual. A dança do ventre pode te ajudar a tonificar a barriga, queimar gordura localizada dos culotes, tonificar os braços e as pernas.

4- Exercício de baixo impacto: pessoas com problemas com exercício de alto impacto, como crossfit, corrida e entre outros, podem optar pela dança do ventre. A dança do ventre mexe principalmente com a cintura e os braços, não é necessário pular ou qualquer outro movimento que cause impacto nos pés ou no joelho.

5- Melhora postura e equilíbrio: a dança do ventre prioriza uma boa postura e o equilíbrio no momento da dança, tanto que mulheres conseguem dançar com uma espada na cabeça sem deixar cair. Com a prática, se está com a postura torta e possui pouco equilíbrio, considere colocar essa dança na sua rotina.

6- Facilita na hora do parto: a dança trabalha principalmente com o fortalecimento da região pélvica, importante para o momento do parto. Em seu surgimento, foi usada por diversas mulheres para esse fim. Se deseja parto normal e quer ter um momento mais fácil, aposte na aula de dança do ventre.

7- Alivia estresse e ajuda na depressão: a prática de atividade física é imprescritível para a saúde mental e a dança pode te ajudar nesse quesito. É preciso de muita concentração para realizar os movimentos e conectar com o seu corpo para conseguir realizar a dança, isso deixa a mente mais limpa e afasta os problemas. Segundo a OMS, é importante pelo menos 30 minutos de atividade física diária para ter mais saúde e longevidade.

8- Ajuda a construir relações: na dança do ventre, você entrará em contato com novas pessoas, seja alunos os professores. Por esse motivo, irá ajudar aumentar o seu ciclo de amizade e construir relações mais profunda com pessoas que também praticam. Além de criar laços durante apresentações.

dança do ventre
Conheça os benefícios da dança do ventre –  Foto: Unsplash

+ Saiba como cuidar do cabelo depois academia ou exercícios físicos

Quais são os tipos de dança do ventre?

Há alguns tipos de variações comuns no Brasil e no mundo da dança do ventre, são eles:

1-Tradicional: é usado apenas o corpo para fazer os movimentos;
2- Dança com o véu: a bailarina dança com um lenço;
3- Dança dos 7 véus: nesse caso, a bailarina dança com 7 véus grudados ao corpo, cada um de uma cor;
4- Dança da espada: a bailarina equilibra enquanto dança uma espada, seja na cabeça, busto ou cintura;
5- Dança com bastão: é parecida com a dança da espada, porém, com uma música mais alegre;
6- Dança com snuj: é um instrumento musical que é preso nas mãos e pode ser usado tanto pelas bailarinas no momento da dança quanto pelos músicos;
7- Dança do candelabro: uma variação da dança do ventre mais avançada que é feita geralmente em festa de casamento. As dançarinas dançam com candelabro de vela acesa preso à cabeça.

É possível aprender dança do ventre sozinha?

Sim, como qualquer outra dança, é possível aprender em casa sem um professor. Por não ter ninguém corrigindo seus movimentos, pode ser que demore mais tempo do que em uma aula tradicional, mas isso não significa que não possa aprender em casa.

Atualmente existem cursos virtuais que ensinam a dança do ventre e também tutoriais gratuitos no youtube que ensinam os movimentos básicos para iniciantes na dança. Mas se deseja aprender todos os tipos, invista em uma academia de dança do ventre.

Siga-nos no 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais

Privacy & Cookies Policy