Você conhece o Tzolkin, o calendário das 13 luas?

0 19

Os calendários fazem parte da nossa vida desde os tempos mais remotos. É por meio deles que sabemos quando um ciclo começa ou termina e, assim, programamos nossas atividades – diárias, semanais, mensais ou anuais.  No entanto, o calendário gregoriano (ao qual estamos acostumados) é composto por doze meses irregulares, com quantidades diferentes de dias. De acordo com os maias, essa contagem de tempo não está em harmonia com nossos ciclos vitais. Por isso, eles têm um calendário próprio, conhecido como Tzolkin – o calendário das 13 luas, que tem uma contagem de tempo bem distinta da que usamos atualmente.

O que é o Tzolkin?

Tzolkin- calendário maia
Foto: Pixabay

Tzolkin é o nome dado a um braço do calendário maia, que tem uma contagem de ciclos bem diferente do calendário gregoriano, ao qual estamos acostumados. O Tzolkin foi criado por meio da observação dos astros e dos ciclos da natureza. Conta com 260 dias (Kins), cada um com um significado único e especial, divididos em 13 períodos de 20 dias. O Tzolkin era muito utilizado na agricultura, por exemplo, para determinar o melhor período para plantar e colher. E até hoje, em alguns lugares da Guatemala, a realização de eventos importantes se baseia nele, como o casamento.

O calendário das 13 luas, como também é conhecido, sugere o uso consciente dos ciclos. A origem exata do Tzolkin não é conhecida, mas existem algumas teorias. Uma das mais populares é a relação do calendário com a gestação humana, que tem, em média, 260 dias de duração. Segundo historiadores, essa contagem era usada pelas parteiras para prever o nascimento do bebê. No Tzolkin, o ano novo acontece no dia 26 de julho e dia anterior é considerado um “dia fora do tempo”, uma pausa interdimensional entre dois ciclos.

Os Kins no calendário maia

Tzolkin
Foto: Reprodução/Internet/Pan Portugal

Se fôssemos comparar, os Kins seriam mais ou menos como os signos na astrologia. Resumidamente, cada pessoa tem o seu Kin, definido de acordo com a data de nascimento. Ele é uma assinatura única e está ligada às características pessoais que carregamos por toda a nossa vida. O Kin é a combinação do Selo Solar com o Tom Galáctico, é a energia que estava em vigor no dia do nosso nascimento. Apesar de parecer complicado de entender, vale a pena saber qual é o seu Kin – a mensagem trará reflexões importantes a partir do autoconhecimento.

Cada dia do calendário das 13 luas representa um Kin somando, portanto, 260 Kins. Cada um tem um nome, que é formado pelo nome do selo, nome do tom e cor do selo. Por exemplo, o Kin de uma pessoa nascida no dia 21 de janeiro de 1985 é o “Espelho Lunar Branco”. Além disso, como cada dia do ciclo de 260 representa um Kin, segundo o calendário maia, todos os dias têm sua própria assinatura energética. Sendo assim, a partir da leitura das reflexões sobre o Kin do dia, passamos a ter mais consciência dos acontecimentos e dos ciclos que vivenciamos de acordo com o Tzolkin.

Você pode saber qual é o seu Kin aqui e qual é o Kin do dia aqui.

Siga-nos no 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais

Privacy & Cookies Policy