Calendário maia: saiba a sua origem e descubra como ele funciona

0 39

O calendário maia é um antigo método utilizado pelos maias na contagem do tempo, que já deu muito o que falar. Em 2012, por exemplo, acreditava-se que seria o fim do mundo, e que os maias o teriam previsto. Porém, a história e a importância deste calendário vai muito além do que interpretações erradas feitas sobre ele.

 

O que é o calendário maia?

calendário maia
Imagem: Reprodução / Medium.

Como falamos acima, esse calendário foi criado pela civilização maia para medir o tempo. Além de definir dias importantes para cada atividade, como plantios, casamentos e guerras.

O calendário maia foi desenvolvido a partir da observação dos astros e dos seus conhecimentos impressionantes em Matemática e até hoje, ainda é usado por uma parte da população da Guatemala.

 

Origem do calendário maia

A grande diferença entre o calendário maia e o ocidental é a maneira como esta antiga civilização entende o conceito de tempo. Isso porque, para nós, ocidentais, o tempo é algo linear, que tem começo e fim. Enquanto que para os maias, o tempo é algo circular, que vai e volta e nunca para.

No calendário gregoriano, o que nós utilizamos, o tempo é igual a dinheiro. Ao contrário do calendário maia, em que o tempo significa arte.

Além disso, os maias acreditam que o tempo cíclico com base nos ciclos da natureza, que se repetem continuamente. O Sol, por exemplo, nasce e se põe todos os dias e assim, são também os acontecimentos na nossa vida pessoal.

Pensando assim, os maias baseavam os acontecimentos da vida nos ciclos da natureza e, dessa maneira, viviam em sincronia com o planeta.

 

Como funciona o calendário dos Maias?

calendário maia
Imagem: Reprodução / Na Rota da Civilização Maia.

 

O calendário maia é uma combinação entre os calendários Haab e o Tzolkin.

Haab

Sendo um calendário solar, o Haab é considerado o calendário civil dos maias e tem 365 dias. Além disso, ele é dividido em 18 meses, com 20 dias cada, o que totaliza 360 dias.

Os cinco dias restantes, são chamados de Uayeb, “dias sem nome”, e não pertencem a nenhum mês. Mais do que isso, são considerados desfavoráveis para exercer algumas atividades, inclusive sair de casa, para evitar acidentes.

Veja os nomes dos meses do calendário Haab:

  1. Pop
  2. Uo
  3. Zip
  4. Zotz
  5. Tzec
  6. Xul
  7. Yaxkin
  8. Mol
  9. Chen
  10. Yax
  11. Zac
  12. Ceh
  13. Mac
  14. Kankin
  15. Muan
  16. Pax
  17. Kayab
  18. Cumku

Tzolkin

Ao contrário do Haab, o calendário Tzolkin é considerado sagrado e cerimonial para os maias, que o utilizam para marcar casamentos e outros eventos importantes, por exemplo.

Além disso, este calendário conta com 260 dias, uma referência à gestação das mulheres, que também dura, aproximadamente, 260 dias. Aqui conseguimos perceber a influência da natureza sobre os eventos do dia a dia, já que o calendário Tzolkin era muito usado para atividades agrícolas, determinando quais os melhores dias de plantio e colheita, por exemplo; além de marcar o início de guerras e sacrifícios. Cada dia tinha um significado diferente e especial.

Juntos no calendário maia, os calendários Haab Tzolkin formam o Calendário Solar, de 52 anos, que, para nós, é o mesmo que o século, ou seja, ao fim dos 52 anos, o ciclo se inicia novamente.

Por fim, o Tzolkin não conta os anos, apenas as semanas, que se intercalam entre 13 ou 20 dias. As semanas de 13 dias são chamadas de “semanas numeradas”, enquanto as de 20 dias chamam “semanas nomeadas”, uma vez que cada dia recebe um nome diferente. Veja:

0. Ahau
1. Imix
2. Ik
3. Akbal
4. Kan
5. Chicchan
6. Cimi
7. Manik
8. Lamat
9. Muluc
10. Oc
11. Chuen
12. Eb
13. Ben
14. Ix
15. Homens
16. Cib
17. Caban
18. Etznab
19. Caunac

Curiosidades sobre o calendário maia

calendário maia
Imagem: Reprodução / Mito + Graphos.

 

  • Apenas o calendário maia  possui um dia “zero”.
  • O calendário Tzolkin é baseado no movimento do planeta Vênus.
  • Para facilitar a localização no tempo, os maias criaram a “roda do tempo”. Esta ferramenta tinha a função de juntar os dois calendários, que tinham datas diferentes, possibilitando a indicação exata dos dias em ambos os calendários.

Segundo a História, os maias mostraram grandes conhecimentos nas áreas de medicina, matemática e artes, e o calendário maia é uma prova disso! Além disso, entre as antigas civilizações pré-colombianas (maias, astecas e incas), ele é considerado o melhor, mais elaborado e mais antigo calendário .

Para concluir, podemos usar o calendário maia como uma inspiração para nos conectarmos mais com a natureza e assim, vivermos em maior sincronia com ela,

Siga-nos no 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais

Privacy & Cookies Policy