Thetahealing: saiba tudo sobre a técnica que pode mudar a sua vida

0 159

Você já ouviu falar no Thetahealing? Trata-se de uma prática meditativa e terapêutica, que atua no nível energético e tem o objetivo de identificar e substituir crenças limitantes, padrões e sentimentos negativos, considerados bloqueios que nos impedem de ser quem realmente somos. Segundo os praticantes, o Thetaheling é capaz de promover mudanças significativas em nossas vidas.

O que é Thetahealing?

Thetahealing - cura energética
Foto: Gerd Altmann

Criada em 1995 pela norte-americana Vianna Stibal, o Thetaheling é uma técnica de cura energética que busca identificar tudo aquilo que nos impede de sermos quem realmente somos e, assim, de vivermos plenamente a felicidade de acordo com a nossa essência. A técnica atua no nível do subconsciente para trazer à luz questões que atrapalham nosso desenvolvimento e realização pessoal. De acordo com Juliane Pimazoni, terapeuta thetahealer, o autoconhecimento é a chave do tratamento. “O Thetaheling atua sobre três pilares: corpo, mente e espírito, promovendo uma vida mais equilibrada, leve e clara com o olhar voltado para dentro. A técnica mostra  para a pessoa o que é dela e o que é do outro por meio da auto-observação”, explica.

Como funciona uma sessão e quantas são necessárias?

Como o Thetahealing atua no nível energético, o atendimento online é tão eficiente quanto o presencial. Na sessão, o terapeuta busca entender quais são as dores do cliente para, então, a partir de uma meditação guiada, acessar a onda theta e ajuda-lo a transformar aquilo que incomoda. “O trabalho do terapeuta é identificar a crença raiz, que pode ter sido criada por ele ou pelos seus antepassados. Quando isso é identificado, cancelamos, resolvemos e ressignificamos a crença, trazendo um novo olhar para ela e, consequentemente, um alívio para a pessoa”, conta a terapeuta. O Thetahealing atua em quatro níveis de crenças: primárias ou básicas, genéticas, históricas e de alma.

Quanto à quantidade de sessões, segundo Juliane, é uma questão relativa. Isso porque muita coisa pode ser abordada em pouco tempo, mas, dependendo do nível de crenças, o terapeuta pode indicar mais atendimentos. “O número de sessões vai depender de cada caso. O que eu percebo é que, quanto mais clareza e autoconhecimento o cliente tem, menos sessões são necessárias”, afirma. Portanto, levando em conta que cada um tem suas particularidades e seu próprio ritmo, não é possível afirmar com precisão quantas sessões de Thetahealing são necessárias. Em termos gerais, a dica é: sempre que sentir que algo está atrapalhando a sua autoconexão, procure um terapeuta.

Thetahealing - onda theta
Imagem: John Hain

O que é a onda theta?

A onda theta, alcançada durante uma sessão de Thetahealing, é um estado de relaxamento profundo que nos permite acessar com mais facilidade o nosso subconsciente. Juliane conta que “Essa onda é utilizada também na hipnose, por exemplo, e é o nosso primeiro estágio do sono. É também uma onda criativa, inspiracional e espiritual”. A onda theta permite que memórias, crenças, sentimentos e pensamentos que estão ocultos no subconsciente se revelem. “O terapeuta só testemunha a cura, coloca luz onde o cliente não tem acesso, porque se a pessoa não enxerga a questão, ela não pode transformá-la”. E é por meio da onda theta que essas questões são descobertas para só então serem transformadas.

Quais são os benefícios do Thetahealing?

Theta
Imagem: Pixabay

Por meio das técnicas do Thetahealing, o terapeuta nos ajuda a acessar as crenças, os sentimentos e os padrões (inclusive comportamentais) que nos impedem de vivermos de acordo com a nossa essência. “O Thetahealing identifica quem a pessoa é e com o que ela vibra. Então, faz com que ela se apodere da sua voz interior e, principalmente, entenda o que essa voz quer que ele mostre para o mundo”, explica Juliane.

O Thetahealing pode trazer benefícios em diferentes áreas da vida. É utilizado para auxiliar em questões como depressão, ansiedade, medos, angústia, dores físicas, alergias, enxaqueca, obesidade, estresse, distúrbios do sono, entre outras. A terapia também pode ser aplicada para ajudar na solução de problemas que dificultam os relacionamentos (sociais, familiares, afetivos e profissionais), questões ligadas ao trabalho e/ou financeiras, traumas, vícios ou tudo aquilo que você queira ressignificar em sua vida.

 


Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais

Privacy & Cookies Policy