O que são Mudras e para que servem esses gestos?

0 207

Quando falamos em meditação, é muito comum que as pessoas associem a prática à imagem de uma pessoa sentada com as mãos sobre os joelhos formando um “ok”. Essa formação com os dedos é muito utilizada no Yoga e existem muitas variações dela, cada uma com um significado e um objetivo diferente. Esses gestos com as mãos são os Mudras, que são feitos em conjunto com a respiração para promover a interação e o equilíbrio entre corpo, mente e espírito.

O que são Mudras?

Mudras
Foto: Anke Sundermeier

Em sânscrito, Mudra significa “selo” e seu objetivo é selar a prática da meditação ou do pranayama – práticas de respiração. “Os Mudras mais comuns são feitos com as mãos, mas eles podem ser feitos com o corpo todo. Eles ajudam a conectar corpo e mente e cada um tem um objetivo específico”, conta a professora de Yoga Catherine Rocha Davies. Os Mudras ajudam a aliviar os sintomas da ansiedade, melhorar a respiração e o sono, melhorar problemas digestivos, como cólicas e prisão de ventre. Além disso, desenvolvem a autoconfiança e melhoram o sistema imunológico. A professora continua explicando que “Cada parte da mão se conecta com uma área do cérebro e ajuda a fluir melhor a energia vital no corpo”.

Os nomes dos Mudras são homenagens a divindades e simbolizam qualidades existentes em cada um de nós e no universo. Além disso, cada dedo representa o ponto de conexão com um elemento específico: o polegar representa o fogo (energia), o indicador representa o ar (energia em movimento), o dedo médio está ligado ao éter (expansão), o anelar à terra (solidez) e o dedo mindinho representa a água (fluidez). “Apesar de serem usados também durante a prática do Yoga, os Mudras precisam de tempo para trazer benefícios reais. Precisamos de pelo menos um minuto para cada gesto”, aconselha Catherine.

Quais são os mais populares e para que servem?

Com a ajuda da professora de Yoga, listamos os principais Mudras e seus benefícios. Confira:

Chin ou Gyana Mudra

Mudras - Chin
Foto: Laura Juarez

Alivia estresse e ansiedade, melhora a concentração, o humor e o sono. “É o Mudra mais comum nas práticas de Yoga e na meditação. Ele une fogo e ar e ajuda a conectar nossa consciência interior com a consciência universal, o indivíduo e o divino”.

Anjali Mudra

Mudras - Anjali
Foto: Pixabay

Promove conexão com a espiritualidade, foco, consciência interior. Além disso, estimula o respeito por si mesmo e pelos outros. “É o Mudra do Namastê, a mão em posição de prece. Equilibra a energia vital entre o lado direito e o lado esquerdo do corpo”.

Dhyana Mudra

Mudras - Dhyana
Foto: Pixabay

Ajuda a esvaziar a mente, aliviando, assim, a pressão mental e a conexão com o eu interior. “Os budistas usam esse Mudra para meditar porque ele nos ajuda a entrar no estado meditativo”. A dica extra da professora é: a mão esquerda fica sempre por baixo.

Ganesha Mudra

Mudras - Ganesha
Foto: Reprodução/Internet/Ekhart Yoga

Esse, que é um dos Mudras preferidos de Catherine ajuda a melhorar a saúde cardiovascular, alivia o estresse e promove autoconfiança e a autoestima. “Esse Mudra ajuda a remover os obstáculos da nossa vida e abrir caminhos”.

Prana Mudra

Mudras - Prana
Foto: Reprodução/Internet/FitSri

Aumenta a vitalidade e a energia , aliviando o cansaço. Além disso, melhora o sistema imunológico e melhora a qualidade do sono. “Esse Mudra também é muito usado nas práticas de meditação. Ele ativa o chakra básico e promove sensação de firmeza”.

Siga-nos no 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais

Privacy & Cookies Policy