Conheça o legado do escritor catalão Carlos Ruiz Zafón

Barcelona perdeu um dos seus maiores escritores da atualidade: Carlos Ruiz Zafón no dia 19 de Junho. Na mesma semana em que comemora o aniversário do arquiteto Antonio Gaudí.

16

No dia 19 de junho, a literatura perdeu o escritor catalão Carlos Ruiz Zafón. Tinha 55 anos e lutava há dois anos contra um cancro do cólon, e morreu em Los Angeles, onde morava com a família. Ele era tão famoso quanto reservado, mesmo sendo o escritor espanhol mais vendido do século.

Quem foi o escritor catalão Carlos Ruiz Zafón?

Bairro Gotico Barcelona

Bairro Gotico (foto:@barcelonabymyself)Nascido na cidade de Barcelona, em 1964, Zafón começou a escrever ainda na adolescência.  ‘O Príncipe da Névoa’, de 1993, foi seu primeiro livro publicado.

Provavelmente,  muitos leitores brasileiros reconhecem de primeira o nome do escritor espanhol mais vendido deste século. Mas quando mencionamos o seu livro mais famoso “ A Sombra do Vento” , certamente vemos os olhos de muitas pessoas apaixonadas pela sua obra – brilharem.

Para quem quem leu, na certa se apaixonou por sua literatura. Publicada em 2001, a obra foi o grande ponto da virada, na vida de mais um escritor catalão – que antes se dedicava a publicidade – e a literatura juvenil. O resultado foram milhões de cópias vendidas e a tradução para quase 50 idiomas.

Aliás, o livro já vendeu mais de 15 milhões de exemplares, sendo o primeiro da tetralogia ‘O Cemitério dos Livros Esquecidos’, uma reflexão sobre o papel da literatura em um tempo de profundas mudanças impostas pela tecnologia.

O enorme sucesso deste “best seller”, acabou impulsionando toda uma saga, com mais 3 livros:
“El Juego del Angel” (2008), “El Prisionero del Cielo” (2011), “El Laberinto de los Espiritus” (2016).

Conheça o legado do escritor  Carlos Ruiz Zafón

escritor catalão Carlos Ruiz Zafón
Portal de Angel Barcelona (foto:@barcelonabymyself)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Acima de tudo, ele é considerado um dos melhores romancistas contemporâneos. Majoritariamente, “A Sombra do Vento” é o tipo do livro que ganhamos de presente, com dedicatória na primeira página de alguém que nos ama muito – ou compartilha o nosso amor – pela linda Barcelona.

É uma história daqueles amores impossíveis, misturando realidade, mistério e fantasia – ambientado nos lugares mais emblemáticos da cidade. Somente por este motivo, já é capaz de emocionar o seus leitores.

Muitos destes lugares são desconhecidos a maioria do público e dos turistas. Tanto que os mais aventureiros, se acham na obrigação de visitar cada um deles, quando terminam o livro.

 

História do escritor Carlos Ruiz Zafón

escritor catalão Carlos Ruiz Zafón
Sant Felipe Neri (foto:@barcelonabymyself)

 

 

Mas, vale a pena estar atento para o fato de que nem todas as locações do livro, existem de verdade. Alguns deles, é como procurar uma sombra no vento. O maior exemplo, é o famoso “Cemitério dos Livros Esquecidos” que supostamente ficaria na Calle Arc del Teatre, perto das Ramblas de Barcelona.

Contudo, trata-se de um lugar fictício, inspirado em um hangar que vendia livros por peso, em Los Angeles, ultima residência do autor. Mas, mesmo assim, ninguém parece se importar. Explorar Barcelona é sempre uma missão agradável, ainda mais quando temos a sensação de pertencer ao universo de uma autêntica obra prima literária.

Aventure-se por Barcelona  

Aventurar-se pela Barcelona de Carlos Ruiz Zafón é uma maneira de transcender as páginas de seus livros – e aumentar seu conhecimento sobre aqueles cantinhos que somente os residentes conhecem.

Existem muitos tours guiados especializados na rota literária do escritor catalão Carlos Ruiz Zafón Carlos Ruiz Zafón. Mas a grande sacada aqui, é procurar por este guia do jornalista e professor Sergi Doria, autor de la “Guia de Barcelona de Carlos Ruiz Zafón” – aprovada pelo próprio autor.

 

Comentários