Enzimas digestivas: o que são, para que serve e em qual alimento encontrar

0 1.670

As  enzimas digestivas é uma substância produzida naturalmente pelo nosso organismo, contudo, também é encontrada em alimentos ou suplementação. Elas são importantíssimas para o funcionamento perfeito do sistema gastrointestinal.

Apesar de ser produzida naturalmente, algumas pessoas por condições de saúde ou má alimentação, não produzem quantidades suficientes. Sendo assim, precisam complementar com cápsulas ou aderir certos alimentos em sua rotina.

(Foto: Freepik)

O que é?

Mas afinal, o que são as enzimas digestivas? São proteínas que auxiliam a digestão e para que o organismo aproveite melhor os nutrientes que ingerimos. Ela atua quebrando macromoléculas, deixando ainda menores, para facilitar a absorvição pelo intestino. Ou seja, quebra carboidratos, proteínas e gorduras.

Tipos de enzimas digestivas

Conheça agora os principais tipos de enzimas e saiba no que cada uma atua.

Alfagalactosidase

Atua na quebra do carboidrato, transformando-o em maltose e glicose.

Bromelina e protease

Atuam na quebra das proteínas.

Lactase

Quebra a lactose (açúcar do leite) e a transforma em glicose e galactose.

Lipase

Atua na quebra de gordura, transformando-o em graxos e glicerol.

(Foto: Freepik)

Como saber se preciso de suplementação?

Em primeiro lugar, lembre-se de visitar um médico frequente, buscar a ajuda de um profissional quando sentir algum sintoma e manter uma vida saudável. Apesar dos sintomas abaixo, apenas um médico irá saber se você está produzindo poucas enzimas ou não.

No entanto, a pessoa que está produzindo pouca enzima tem alguns sintomas como:

  • Diarreia;
  • Gases excessivos;
  • Fezes amarela;
  • Cólicas logo após refeições;
  • Perda de peso mesmo com uma alimentação ideal.

Como consumir?

Como já citamos anteriormente, há duas formas para consumir essa substância. A primeira e mais indicada, é ingerir alimentos que têm enzimas digestivas. No entanto, se isso não for o suficiente, o ideal é entrar com uma suplementação em cápsula. Lembre-se de procurar um médico para saber qual será o seu caso e se realmente irá precisar entrar com a suplementação.

Enzimas digestivas o que é e como encontrar
(Foto: Pixabay)

Efeitos colaterais

Descubra agora quais sãos os efeitos colaterais causados pela reposição de enzimas através de cápsulas. Todavia, se algum desses sintomas aparecer, procure imediatamente um médico.

  • Prisão de ventre ou diarreia;
  • Cólicas abdominais.

Contraindicação

Assim como qualquer medicamento, as enzimas não é aconselhável para algumas pessoas, confira posteriormente se você se encaixa nesta lista.

  • Gestantes;
  • Crianças até três anos.

Além disso, se você possuí alguma doença consulte um especialista para saber sobre o consumo. Entretanto, no caso dos alimentos que contém a substância, caso não tenha alergia, pode ser consumido a gosto.

Alimentos com enzimas digestivas

Uma boa alimentação é poderosa, melhora nossa saúde, nossa forma física e a autoestima. Por isso, lembre-se sempre de manter uma rotina de alimentação rica em frutas, legumes e verduras. Para que seu organismo tenha um estoque desta substância, confira posteriormente a lista de alimentos que são ricos em enzimas.

Enzimas digestivas frutas
Descubra os alimentos com enzimas digestivas (Foto: Freepik)

Abacaxi

Ajuda na digestão pois contém em grande quantidade de bromelina. Além disso, é rico em vitaminas como: A, C, B1, B2, B3, B5, B6, B9.

Banana

Ajuda a regular o intestino, é uma ótima fonte de vitamina C, todavia, contém também B2 e B1.

Manga

Estudos mostram que a manga auxilia quem sofre com prisão de ventre, regulando o intestino. Além disso, é fonte de vitaminas C e A. Contém ainda cálcio, ferro, zinco, potássio e magnésio.

Mamão

Assim como a manga, o mamão também ajuda no funcionamento do intestino, ou seja, se você sofre com prisão de ventre, aposte sem medo no mamão. A fruta contém vitamina A e C.

Kiwi

A fruta contém vitaminas como vitamina B6 e A. Além disso, também é rica em cálcio, zinco, ferro, potássio e fósforo.

Gengibre

A raiz contém potássio e magnésio, vitamina B6 e C e é diurético. O gengibre combate gases, indigestão, enjoos e náuseas.

+ Salada: 5 Receitas Deliciosas Para Fugir Do Tradicional

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais

Privacy & Cookies Policy