Creatina: conheça os principais benefícios, para que serve e as melhores marcas de creatina no mercado brasileiro

Você já ouviu falar da creatina? Se você já fez ou pretende entrar para uma academia em breve e buscar o corpo ideal, provavelmente já escutou sobre ela.

A creatina é um complemento nutricional muito importante para atividades de alta intensidade, como musculação e corrida, e que vai auxiliar no seu desempenho até os seus objetivos!

 

O que é creatina?

Mas, o que é creatina? A creatina é uma proteína derivada de três aminoácidos muito importantes, a glicina, a arginina e a metionina. Ela conquistou atletas e praticantes de atividades físicas em todo o mundo, em especial aqueles que praticam exercícios de alta intensidade.

A creatinina tem um poder de potencializar os efeitos do exercício físico, o que é muito almejado por atletas que desejam ver os resultados rápidos de seu esforço.

Dessa maneira, ela promove uma série de benefícios para a melhoria no desempenho físico mesmo para os iniciantes da musculação e das atividades de alta potência!

 

Imagem: Reprodução / Pexels

Para que serve?

A creatina, como uma proteína estrutural muito utilizada em dietas da proteína e em planos nutricionais de atletas, tem muitas funções no corpo. Dessa maneira, ela é provavelmente o suplemento mais popular nas academias de todo o mundo. Ela é eficaz na melhora do desempenho físico, e atua facilitando o aparecimento dos resultados do treinamento de alta intensidade.

Dessa maneira, a principal função da creatina é fornecer energia para a contração dos músculos e produção do movimento, o que facilita no gasto calórico. Ela é um nutriente com capacidade de estimular o desenvolvimento de células musculares importantes.

Ela ainda estimula a retenção de água intracelular, o que aumenta o volume das células e, consequentemente, o músculo parece maior.

Benefícios da creatina

Mas a creatina não é perfeita apenas para atletas não! Ela possui inúmeros benefícios, para diversas necessidades do nosso organismo, mesmo fora dos tatames da academia!

Por exemplo, a creatina é responsável por melhorar nossa função cognitiva, tendo ainda grande papel em estudos que apresentam sua importância no tratamento de doenças neurodegenerativas.

Ela também previne a diminuição da massa muscular em pessoas idosas, promove ganho de energia, e colabora para o aumento e manutenção de massa magra no organismo!

Por fim, o suplemento de creatina é uma excelente alternativa de ingestão de proteínas para indivíduos vegetarianos.

 

Faz mal tomar creatina?

A creatina tem alguns efeitos colaterais e pode fazer mal para algumas pessoas. Por isso, é superimportante fazer um consumo consciente e supervisionado por profissionais.

Um dos seus efeitos principais é a retenção de líquidos, o que pode causar inchaço e incômodo. Também há a possibilidade de a creatina ter um efeito citotóxico, impedir o crescimento da célula.

É necessário sempre prestar atenção de que, mesmo sendo de origem natural, a creatina não é livre de produzir efeitos colaterais no organismo e que, muitas vezes, ela não vai funcionar como esperado dentro do seu corpo!

 

Imagem: Reprodução / Pexels

Quem não pode tomar creatina?

A creatina é contraindicada em algumas situações. Para mulheres grávidas e que estão amamentando, é melhor evitar! Isso porque existem pouquíssimos estudos dos efeitos da suplementação desta proteína nesses públicos.

Crianças e adolescentes também não devem suplementar creatina, pelo mesmo motivo.

Ainda, pessoas diabéticas devem tomar cuidado e consultar seus médicos antes de tomar creatina. Além disso, pacientes portadores de problemas nos rins também devem tomar cuidado ao ingerir creatina.

Melhores marcas do mercado brasileiro

Para investir em produtos de suplementação fitness, como a creatina, o que vale é, principalmente, a qualidade e a responsabilidade. Por isso, escolha marcas já consolidadas no mercado brasileiro e que forneçam produtos de alto desempenho e segurança para sua prática de exercícios físicos. Esteja sempre alerta à preços muito abaixo, porque pode ser cilada!

 

  • Creatina Creapure da Growth Supplements, 250g – R$69,90: A Creatina monoidratada em pó da Growth possui o selo Creapure, um selo que comprova sua altíssima pureza e eficácia. Por isso, seu preço é um pouquinho mais elevado do que as outras marcas famosas do mercado.
  • Creatina Max Titanium, 300g – R$45,00: A marca é conhecida pelos resultados que apresenta, desde a otimização do desempenho físico do atleta até a melhoria de suas performances. Dessa maneira, ela também se preocupa com tecnologia e inovação, sempre oferecendo produtos de excelência.
  • Creatina Probiótica, 300g – R$42,00: A Creatina da marca Probiótica é, provavelmente, uma das mais conhecidas nas academias do Brasil. Possui preço competitivo e uma legião de fãs que não abrem mão da sua qualidade por nenhuma outra.
  • Creatina Black Skull, 300g – R$41,00: A marca tem uma pegada econômica, ótima para os iniciantes do esporte e da suplementação. Dessa maneira, ela ainda indica o consumo do seu suplemento alimentar de apenas 2,5 g diárias, indo em contramão às 3 g do restante da concorrência, tornando-se um excelente investimento!

 

Informações gerais

A creatina é uma grande companheira na nutrição e desenvolvimento de um corpo saudável. Mas ela não pode ser usada sem um plano de alimentação saudável e muita disciplina! Além disso, não esqueça do seu equilíbrio hídrico e beba bastante água para evitar problemas nos rins.

Por fim, é muito importante manter a responsabilidade no consumo de suplementos e proteínas para quem deseja ganhar massa muscular em um curto período de tempo.

Dessa forma, consuma esta proteína com ajuda de profissionais nutricionistas e educadores físicos. Eles vão saber equilibrar o consumo perfeito para seu organismo e a prática mais justa para o seu corpo ficar saudável e bonito!

Siga-nos no 
Comentários (0)
Comentar