Chapéu de Palha Carandá: descubra a origem da matéria prima

0 1.171

Os chapéus de palha ganharam popularidade ao longo dos anos. Hoje, a variedade de chapéus femininos é tão grande que toda garota pode escolher sua própria peça para combinar com todo estilo, ocasião e até humor. No entanto, existe um tipo especial de chapéu que tem sido muito popular ao longo dos séculos, é o chapéu de palha Carandá.

Se o chapéu de palha estava associado a camponeses e agricultores no passado, hoje é um atributo interessante e muito original do guarda-roupa de uma fashionista moderna. Quer saber mais sobre a matéria-prima? A Malu Pires, marca especialista em chapéus e bolsas de palha, vai te mostrar não só a origem do carandá, como também do chapéu de palha.

Origem da Palha Carandá

Os materiais usados na confecção de chapéus variam conforme os países e as regiões, dependendo das substâncias disponíveis ou dos costumes das pessoas. Em geral o material deve ser usado dependendo sempre do feitio e da função do chapéu. Por exemplo, os chapéus para chuva geralmente são à prova d’água e os chapéus de verão são feitos de palha e tecido leve;

As palhas Carandá consistem em fibras muito macias, flexíveis, leves e resistentes. Por isso, têm sido muito usadas como matéria-prima de alta qualidade na arte de tecer chapéus à mão. O material é originário da palmeira Carandá, espécie típica no Pantanal sul-mato-grossense. É frequentemente usado para chapéus de produção em massa, pois é facilmente tingido e bloqueado, além de tudo, é conhecido por ser leve, macio e durável.

Carandá é uma palmeira parecida com a carnaúba do Nordeste e de muita utilidade. O tronco é usado como madeira, a palha pra artesanato e o palmito pra alimentação. No mundo, existem 2.700 espécies de palmeiras. No Brasil, são mais de 300 espalhadas de Norte a Sul. A mais comum é a Buriti.

Palmeira Carandá, espécie típica no Pantanal sul-mato-grossense (Foto: Olhares.com)

Breve história do chapéu de palha

O chapéu de palha tem raízes históricas nos dias da Antiguidade. Até os antigos gregos e romanos usavam chapéus feitos de palha, que os escondiam do sol escaldante do verão. E os judeus consideraram esse chapéu um elemento indispensável do traje nacional.

A primeira menção de chapéus de palha nos países europeus data do século XV D.C. Naquela época, esse cocar era usado exclusivamente por camponeses, que passavam muito tempo ao ar livre nos campos.

Chapéu Panamá de Palha é um clássico (Foto: Malu Pires)

Com o tempo, as classes sociais média e alta começaram a prestar atenção à praticidade, conforto e atratividade de toucas feitas de palha. Os chapéus de palha tornaram-se companheiros constantes de quase todos os europeus daquele período. Para criar os chapéus, foi cultivado um tipo especial de trigo com um belo brilho dourado. O terreno mais adequado para esse trigo era Florença.

Chapéu feminino (Malu Pires)

Mais tarde, foram exportados para todo o mundo chapéus de palha feitos de materiais de alta qualidade. Acima de tudo, esses produtos encontraram uma resposta no coração dos brasileiros, onde ao longo do tempo foi estabelecida a produção de chapéus de palha.

Dicas de Como Preservar o seu Chapéu de Palha Carandá

  • Evite que a água entre em contato com o chapéu, mas caso aconteça seque a sombra.
  • Manuseie o Chapéu sempre pela aba, jamais pela copa, para evitar que a palha se quebre.
  • Evite deixar o chapéu exposto ao sol em um ambiente fechado, como carro por exemplo. Apesar de não poder ser molhado, a palha toquila necessita de umidade para manter a flexibilidade.
  • Em caso de manchas, o ideal é limpar com borracha de lápis, nunca com álcool.
  • Evite deixar dobrado por mais de 48 horas. Caso o chapéu sofra alguma deformação nas abas, use ferro á vapor para que ele volte a sua forma natural, sempre com um pano de algodão por baixo, não pode ser usado diretamente na palha.
Chapéu de palha Mykonos (Foto: Malu Pires)

Agora você já conhece tudo sobre os chapéus que fazem a cabeça dos homens e das mulheres em todo o Brasil, confira os modelos disponíveis no site www.malupires.com.br e escolher o seu preferido.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais

Privacy & Cookies Policy