Astrologia védica: você sabe o que é e qual é o seu signo?

0 240

Se você gosta de astrologia, possivelmente já sabe tudo sobre seu signo, já fez seu mapa astral e adora as previsões que os astros reservam para você. Mas, você já ouviu falar sobre a astrologia védica? De origem hindu e criado há milhares de anos, esse sistema astrológico é, para os indianos, uma ferramenta poderosa de autoconhecimento.  Quer saber mais? Acompanhe.

O que é astrologia védica?

Astrologia védica - hinduismo
Foto: Pixabay

Jyotisha, que significa “a luz do conhecimento”, é o nome em sânscrito do sistema astrológico de origem hindu que é utilizado há milhares de anos. Já o termo astrologia védica se popularizou por volta da década de 1980, quando o mundo ocidental começou a ter mais acesso aos ensinamentos do yoga e da ayurveda. Em relação à astrologia ocidental – à qual estamos acostumados – a única semelhança é que a astrologia védica também tem 12 casas. Mas, em termos gerais, elas são bem diferentes.

Na cultura hindu, a astrologia é uma ferramenta poderosa de autoconhecimento, mas, mais que isso, é um guia que ajuda as pessoas a trilharem melhores caminhos com base nas suas habilidades, missão, obstáculos e evolução de vida até o momento presente. Além disso, a astrologia védica também contempla as vidas passadas e tudo que trazemos para a existência atual. Dessa forma, ela faz as previsões de acordo com o que trilhamos até aqui e com as nossas principais características pessoais.

Enquanto no zodíaco ocidental somos regidos por 12 astros, na astrologia védica são apenas sete regentes: Marte, Vênus, Mercúrio, Saturno e Júpiter, Sol e Lua. Outro ponto é que o sistema Jyotisha é sideral. Ou seja: são os corpos celestes (as estrelas) que servem como orientação. Os signos (ou rashis) também são baseados na data de nascimento, mas eles não são iguais aos do horóscopo ocidental.

Quais são e quais as características dos signos?

Confira a seguir quais são os 12 signos (rashis) da astrologia védica e as características de cada um:

Hinduismo
Foto: Pixabay

Mesha (14 de abril a 13 de maio) – A pessoa que nasceu nesse período tende a ser original, criativa e pioneira. Além disso, é líder por natureza, gosta de desafios e tem ótima capacidade de comunicação, mas pode passar a impressão de ser fria.

Vrishabba (14 de maio a 13 de junho) – Para a astrologia védica, quem é desse signo é determinado, independente, gosta de luxo e de conforto. Por outro lado, é uma pessoa que não gosta de competição, especialmente no amor.

Mithuna (14 de junho a 15 de julho) – Já as pessoas que nasceram sob esse signo se comunicam bem com a escrita, são sonhadoras e, ao mesmo tempo, determinadas. Mas, por causa do gênio forte, tendem a ser ansiosas e irritadas.

Karkataka (16 de julho a 15 de agosto) – A pessoa desse signo, segundo a astrologia védica, é sensível e muito apegada à família. Porém, a sensibilidade exagerada pode gerar sofrimento. É também uma pessoa romântica e adora provas de amor.

Shimha (16 de agosto a 15 de setembro) – Essa pessoa é daquelas que brilham onde quer que estejam. Liderança, energia, coragem e ambição são algumas das palavras que melhor definem quem nasceu sob esse signo. Porém, tende a ser muito ciumento.

Kanya (16 de setembro a 17 de outubro) – Segundo a astrologia védica, a pessoa que nasceu nesse período do ano é organizada, inteligente, sensível, sutil e sedutora. Porém, se apega demais aos detalhes e, por isso, pode ser indecisa.

Thula (16 de outubro a 14 de novembro) – Espírito humanitário e sexto sentido aguçado são as principais características de quem nasce sob esse signo. Além disso, gosta de receber e é bastante afetuoso. Mas pode ser vingativo.

Vrishkha (15 de novembro a 14 de dezembro) – A pessoa desse signo, segundo a astrologia védica, é discreta, porém, sensível, exigente e antoconfiante. Tem, ainda, uma personalidade intensa e tende a sentir muito ciúme.

Dhanus (15 de dezembro a 14 de janeiro) – Se tem uma pessoa que é alto astral é a pessoa nascida sob esse signo. Amigável, gosta de estar alegre e transmitir isso para todos ao seu redor. Se adapta facilmente a mudanças, mas se cobra demais.

Makara (15 de janeiro a 14 de fevereiro) – Para a astrologia védica, quem é desse signo costuma ser dedicado, responsável e otimista, além de busca realizar o que quer de corpo e alma. Por outro lado, pode falar sem pensar e, por isso, magoar o outro.

Khumbha (13 de fevereiro a 12 de março) – Maleável, protetora e com alto senso de justiça, a pessoa nascida nesse período gosta de proteger as pessoas que ama e os menos favorecidos. Mas, justamente por isso, pode ser muito ansiosa.

Meena (13 de março a 13 de abril) – A astrologia védica diz que as pessoas que são desse signo tendem a ser muito sentimentais e românticas, além de espiritualizada e solidária. Porém, também podem ser extremamente desconfiadas de tudo e de todos.

 

Siga-nos no 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais

Privacy & Cookies Policy