Astrocartografia: saiba mais sobre o mapa que une viagens e destinos à astrologia

0 21

Se você é um entusiasta do universo astrológico e acredita que os astros impactam diretamente nos acontecimentos da nossa vida, certamente a astrocartografia pode te ajudar a traçar lugares para você poder visitar e mergulhar de cabeça na jornada do autoconhecimento.

Neste artigo, explicamos o que é a astrocartografia e tudo o que você precisa saber para criar o seu mapa que integra tanto o mundo astral quanto o físico. 

 

Globo terrestre com o mapa mundi
Foto: Reprodução/Pinterest

O que é astrocartografia?

Imagine que os astros podem te direcionar e ajudar a planejar suas próximas viagens. Parece surreal? Pois é. A astrocartografia é uma técnica que consiste no estudo e na análise da cartografia dos astros, isto é, um estudo que realiza mapeamentos e traça lugares de interferência da astrologia sobre o globo terrestre.

Para executar, você usa o seu mapa astral como base. A princípio, a astrocartografia te ajuda a identificar locais cujas energias planetárias distribuídas pela Terra se manifestam de forma intensa com a sua pessoa. Já imaginou?

Origem e conceitos

Primeiramente,  o conceito de astrocartografia foi criado na década de 70 pelo astrólogo americano Jim Lewis. Ele juntou conceitos existentes no universo da astrologia e desenvolveu mapas astrocartográficos, que unem relocação e angularidade.

Mural de mapa mundi com fotos
Foto: Reprodução/Pinterest

Primeiramente, relocação é um mapa que você cria para saber quais experiências poderá viver em cada local do mundo, seja morando ou estando apenas de passagem.

Já angularidade consiste nos planetas angulares que se encontram próximos das 4 cúspides principais em um mapa astral, sendo elas Ascendente, Meio do Céu, Descendente e Fundo do Céu.

Estudos astrológicos indicam que os planetas presentes nestes ângulos demonstram uma influência poderosa na vida do indivíduo, portanto exercem dominância. 

Como funciona a astrocartografia?

Unindo ambos os conceitos de relocação e angularidade, é possível interpretar como os planetas vão se manifestar quando você se encontrar em determinado lugar. Isto é, experiências que você pode viver, energias que vão fluir e dificuldades que você pode passar.

Em outras palavras, quando um planeta fica angular, ou seja, próximo às 4 cúspides principais, no mapa relocado, tenha certeza de que de que tal planeta vai se manifestar de forma intensa durante a sua presença naquele determinado ponto do mapa.

 

Globo com o mapa mundi
Foto: Reprodução/Pinterest

O que preciso entender para interpretar o meu mapa?

Antes de tudo, realize o seu mapa astral. Ele é único e diz muito sobre você.

Entenda quais são os traços da sua personalidade, suas habilidades naturais, os elementos que te ajudam na tomada de decisões e em qual posição estão os planetas no seu mapa.

Em seguida, saiba as características principais de cada planeta, ou seja, quais interferências eles exercem sobre cada ponto específico da construção de personalidade de uma pessoa.

Por último, você cria o seu mapa astrocartográfico, isto é, um diagrama que exibe o mapa do planeta Terra junto à projeção astral, e mostra em quais lugares do mundo há planetas angulares. 

Globo terrestre com pins
Foto: Reprodução/Pinterest

Em outras palavras, com a astrocartografia você tem o poder de criar um trânsito no espaço, e se direcionar para encontrar ou vivenciar energias planetárias específicas de acordo com a análise do seu mapa.

Isabella Mezzadri, CEO do Astrojourney e criadora do Calendastro, explica que “existe uma razão para sentirmos uma conexão tão forte com certos lugares”. Isto é, a sensação de pertencimento não existe à toa, e em determinados lugares do mundo a nossa jornada passa a exercer propósitos e ter significados específicos. Não é incrível?

Além disso, Isabella ainda explica o porquê de algumas pessoas sentirem que viveram experiências difíceis em determinados locais: “Possivelmente, porque o planeta está na sombra em seu mapa natal”. 

 

Mapa astral
Foto: Reprodução/Pinterest

A influência de cada planeta astrológico no mapa astral

Na astrologia, cada planeta detém um significado que exerce funções específicas quando interpretados junto aos signos em um mapa astral. Entenda:

  • Sol: suas principais características.
  • Lua: como você se expressa perante às pessoas.
  • Vênus: relacionamento, amor e sexo.
  • Mercúrio: comunicação e comportamento.
  • Marte: espírito de luta, força e motivação.
  • Júpiter: crescimento pessoal.
  • Saturno: inseguranças e busca pela excelência.
  • Urano: liberdade de espírito.
  • Netuno: idealismo.
  • Plutão: motivação interior e espiritualismo.

Como criar o meu mapa astrocartográfico?

 

Mapas astrocartográficos são calculados digitalmente, levando em consideração o dia, horário e local de nascimento do indivíduo. Para criar o seu, entre no site Astro.com, clique em “Horóscopos Gratuitos” (ou Free Horoscopes) e, em seguida, em “AstroClick Travel”. Você pode, então, ver o seu mapa.

 

Astrocartografia
Foto: Reprodução/Astro.com

Como realizar as interpretações do meu mapa astrocartográfico?

Para interpretá-lo, parta do princípio de que cada planeta tem quatro linhas espalhadas pelo mundo. E para compreender e interpretar a energia que você pode sentir em cada ponto do mapa mundi, veja quais planetas estão passando perto daquele local, e trace o significado daquele planeta de acordo com o ângulo em que ele fica.

A astróloga e CEO da Astrojourney Isabella Mezadri desenvolveu um resumo básico que pode auxiliar na interpretação do mapa:

  • Ascendente (AS): o planeta vai te influenciar no que faz jus à aparência e personalidade exterior.
  • Descendente (DS): a energia do planeta pode ser projetada nos outros ou através das relações.
  • Meio do Céu (MC): o planeta influencia na profissão e no seu papel na sociedade.
  • Fundo do Céu (IC): o planeta vai influenciar suas relações familiares e ancestrais, e pode alterar sua consciência acerca da natureza.

Sendo assim, a astrocartografia pode ser vista, assim como a astrologia, como uma ferramenta de autoconhecimento. Quando interpretada adequadamente, é um mecanismo para expandir horizontes e buscar compreender aquilo que não sabemos como justificar. Experimente, portanto, se conectar com o que os astros apontam para você!

Siga-nos no 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais

Privacy & Cookies Policy