Arroz negro: descubra os benefícios e saiba como consumir

O arroz "proibido" é mais nutritivo do que o integral e o branco e surgiu na China

2 60

O arroz negro se originou na China e existe há mais de quatro mil anos. No entanto, em sua origem, era considerado um arroz ‘proibido’, pois só podia ser consumido pelo imperador e sua família. Atualmente, ganhou um espaço no mercado e até no prato dos brasileiros. Entretanto, ainda não é comum de se ver no dia a dia das pessoas.

O arroz está ganhando mais adeptos por seu benefícios e auxiliar no emagrecimento, pois possui mais fibras do que o arroz branco e o integral. Além das fibras, é rico em proteínas e contém diversas vitaminas como: A, B1, B2, B6, B12 e cálcio, magnésio, ferro e zinco.

Benefícios do arroz negro

Conheça posteriormente alguns benefícios deste arroz que está ganhando o prato dos brasileiros.

Arroz negro como fazer
Arroz negro (Foto: Reprodução/Freepik)

Rico em fibras

Como já citamos anteriormente, o negro tem mais fibras do que o branco e o integral. As fibras ajudam a regular o intestino, previne e combate prisão de ventre e além disso, promove saciedade. Ou seja, não precisa de muita quantidade para se sentir satisfeito, assim, auxiliando no emagrecimento.

Rico em magnésio

Assim como é rico em fibras, o arroz negro também é rico em magnésio. Essa substância ajuda na fixação do cálcio nos ossos, prevenindo o surgimento de doenças como osteoporose.

Poder antioxidante

O grão tem abundância de fenólicos, flavonóides e antocianinas, substâncias antioxidantes. Que são responsáveis por combater os radicais livres, mantendo as células saudáveis e prevenindo doenças crônicas. Além disso, combate o envelhecimento.

Como consumir

Primeiramente, a dieta muda de pessoa para pessoa, por isso é importante consultar um especialista caso queira mudar sua rotina de alimentação. No entanto, o arroz negro pode ser consumido em torno de quatro colheres de sopa por refeição. Ou seja, somando o jantar e o almoço, dará oito colheres.

Com esse grão dá para fazer diversas receitas. As mais comuns no Brasil são comidas orientais que levam o arroz negro como um dos ingredientes. Além disso, o alto preço faz com que seja deixado de lado ou consumido apenas em uma ocasião especial.

Receitas

Se você deseja introduzir esse arroz em sua dieta, confira posteriormente duas receitas deliciosas para fazer em casa.

Arroz negro simples

Ingredientes

  • 1 copo de arroz negro;
  • 2 e 1/2 de água;
  • 1/2 colher de chá de sal;
  • Tempero a gosto (cebola/alho).

Modo de preparo

  1. Em primeiro lugar, coloque o arroz, a água e o sal em uma panela de pressão e tampe-a.
  2. Deixe em fogo alto até ferver (até chiar). Em seguida, baixe o fogo para baixíssimoe deixe cozinhando por aproximadamente 25 minutos.
  3. Abra a panela e verifique se o arroz está cozido. Caso, após abrir a panela, ainda haja água, deixar secar em fogo baixíssimo, mas sem pressão. Dica: Se o objetivo for utilizar o arroz no preparo de um risoto, deixe-o cozido, mas bem consistente.
arroz negro com cenoura e alho poró
Foto: Blog Vegana

Arroz negro com cenoura e alho poró

Por: Blog Vegana

Ingredientes

  • 1 xícara de arroz negro cozido em água e sal;
  • 2 dentes de alho esmagados;
  • 1 talo de alho poro picado;
  • 1/4 xícara de cebolinha verde picada;
  • 1 cenoura pequena ralada em ralador fino;
  • 1 cenoura pequena cortada em meia-lua;
  • 3 colheres de sopa de óleo vegetal;
  • 1 colher de chá de salsinha desidratada;
  • sal e pimenta moída a gosto.

Modo de preparo

  1. Primeiramente, cozinhe o arroz em água e sal e reserve. Aqueça 1 colher de sopa de óleo em uma frigideira e doure levemente o alho. Logo depois, acrescente o alho poró e a cebolinha verde temperando com uma pitada de sal. Adicione este refogado ao arroz que esta na panela, mexa cuidadosamente, tampe a panela e reserve.
  2. Na mesma frigideira coloque mais 1 colher de sopa de óleo e acrescente a cenoura ralada, tempere com sal e pimenta, polvilhe um pouco de salsinha desidratada, deixe refogando mais ou menos 1 minuto, apenas para pegar o sabor. Posteriormente, desligue o fogo e adicione ao arroz mexendo com cuidado. Tampe a panela e reserve.
  3. Por fim, vamos preparar as cenouras que serão servidas junto com o arroz. Na mesma frigideira coloque mais 1 colher de sopa de óleo, aqueça e coloque as cenouras previamente cortadas em meia-lua. Tempere com uma pitadinha de sal e coloque o restante da salsinha desidratada. Por fim, dê uma leve salteadinha nas cenouras. Jogo rápido mesmo, não deixe cozinhar, tem que ficar “al dente”.
Siga-nos no 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais

Privacy & Cookies Policy