Aprenda a identificar a acne hormonal e os melhores tratamentos

0 30

A acne hormonal atinge, segundo uma pesquisa divulgada pela Veja, 16 milhões de brasileiras sofrem com esse problema. Esse tipo de acne é apresentado em mulheres adultas, especialmente após os 25 anos e costuma ser bastante incomodo. Além da aparência física, esse problema deixa a pele sensível e com dores ao toque. Conheça mais sofre esse tipo de acne, como identificar e quais são os tratamentos adequados.

O que é a acne hormonal?

A acne é uma doença dermatológica e assim como qualquer outra doença, deve ser tratada como tal e buscar um diagnóstico adequado. Os hormônios, após a puberdade, tende a aumentar, principalmente a testosterona. E segundo a Sociedade Brasileira de dermatologia, esses hormônios causam mudanças nas glândulas da pele e assim a pele começa a produzir mais sebo. Com a obstrução dos poros, causados por esse sebo, as espinhas surgem.

Nas mulheres na fase adulta, esses hormônios desregulados e problemas em órgãos reprodutores, são as maiores causas da acne. Por isso, é importante uma consulta com médico. O ideal é combinar três especialistas para que esse problema seja solucionado, um endocrinologista (que verifica os níveis de hormônios e o controla), ginecologista (que cuida do sistema reprodutor feminino e verifica se não há nenhum cisto) e dermatologista (que cuida da pele). Com os exames em mãos, feitos por cada um dos médicos, o tratamento ideal será indicado.

acne hormonal como tratar
(Foto: Reprodução/Freepik)

Quais são os sintomas da acne?

A acne hormonal e em mulheres adultas, costuma aparecer na região da mandíbula e da bochecha, mas pode acometer o rosto todo. Segundo a SBD (Sociedade Brasileira de dermatologia), essa é a ordem dos sintomas:

  • Primeiro, surgem os comedões, popularmente conhecidos como cravos;
  • Logo após surgem as pápulas, que são lesões sólidas e arredondadas;
  • Depois, surgem as pústulas, que são conhecida como as espinhas e que têm pus (as que ficam amarelinhas);
  • Após o surgimento das espinhas, existem fases mais graves, como os nódulos. Os nódulos são lesões causadas pela inflamação e atinge camadas mais profundas da pele (podem causar cicatrizes);
  • Por último, o caso mais grave são os cistos. São maiores do que as espinhas, deixam a pele bem dolorida e costumam deixar cicatrizes.

Como saber se a acne é hormonal?

Como já citado anteriormente, esse tipo de acne fica localizado na região da mandíbula e da bochecha. Mas para definir se é de fato hormonal ou não, apenas um diagnóstico médico poderá comprovar. A acne pode ter muitas causas além do hormônio desregulado, como má alimentação, estresse, TPM, uso de medicamentos e uso inadequado de cosméticos. Portanto, aos primeiros sinais de acne resistentes e neste região, procure um especialista.

Qual é o tratamento adequado?

Em primeiro lugar, a Sociedade Brasileira de Dermatologia, alerta para que não se espere para começar o tratamento adequado. “Seu controle é recomendável não só por razões estéticas, como também para preservar a saúde da pele e a saúde psíquica, além de prevenir cicatrizes (marcas da acne) tão difíceis de corrigir na idade adulta”, diz o artigo publicado no site da instituição.

Existem dois principais tipos de tratamento para a acne hormonal e cada um é indicado para um grau. Quem irá definir esse tratamento são os especialistas e todos precisam de receitas para adquirir.

O primeiro tratamento disponível são os ácidos e é indicado para acnes de grau leve. Ácidos como ácido salicílico, peróxido de benzoíla e retinoides. Além disso, para a aplicação no rosto, é possível também entrar com um tratamento antibiótico, para graus mais elevados.

Após esse passo, se não resolver, é indicado o tratamento oral das acnes. Também é indicado antibióticos, além de remédios para controlar os hormônios que estão desregulados.

Os procedimentos estéticos devem entrar apenas após o controle da acne e quando não tiver pústulas (espinhas inflamadas com pus). Com os procedimentos, é retirado os cravos, como a limpeza de pele, prevenindo as acnes e tratamento das cicatrizes deixadas.

acne hormonal o que é
(Foto: Reprodução/Freepik)

Leia também: Espinha interna: saiba como amenizar a inflamação

Como prevenir?

A desregulação hormonal acontece por diversos fatores, por isso, é difícil a prevenção. Mas a piora do quadro de acne, principalmente as comuns, existem formas de prevenir. Saiba como:

Higiene adequada da pele

Para ter uma pele saudável, é importante mantê-la limpa e livre de impurezas. Todos os dias, deve-se lavar o rosto duas vezes ao dia com um sabonete para o seu tipo de pele (oleosa, seca ou mista). Após, usar protetor solar para prevenir outros problemas de pele e também o hidratante. E sim, o hidratante deve ser usado até em pele oleosas.

Para saber qual produto usar e que irá te ajudar na prevenção da acne, é importante buscar uma ajuda dermatológica. Assim, você irá acertar na escolha dos produtos e irá economizar dinheiro, pois não irá comprar cosméticos que não  surtem efeitos na sua pele.

Além disso, vale lembrar que, na higiene da pele entra remover sempre a maquiagem. Dormir maquiada pode causar inúmeros problemas, incluindo o agravamento da acne. Por isso, sempre remova todos os produtos antes de dormir.

Atenção, a SBD alerta sobre a higiene: “a limpeza excessiva é prejudicial à pele como um todo (causando irritação) e pode piorar as lesões“.

Higiene além da pele

Outras formas de manter a pele limpa é higienizar tudo o que toca o rosto. Ou seja, fronhas precisam ser trocadas com bastante frequência, pois acumulam bactérias. Os pincéis de maquiagem também devem ser limpos com muita frequência, principalmente os pincéis que aplicam base e corretivo. Além disso, evite tocar o rosto a todo momento.

Siga-nos no 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais

Privacy & Cookies Policy