Remoção de tatuagem: principais procedimentos, cuidados e contraindicações

0 24

Você já pensou em fazer uma remoção de tatuagem? Fez um desenho ou uma mensagem definitiva, como uma tatuagem de viagem e agora se arrependeu? Não tem problema! Hoje em dia, existem vários métodos que te ajudam a remover esses desenhos do corpo e podem te ajudar a recuperar a autoestima perdida!

São várias práticas, de diversos níveis de complexidade, que te ajudam a apagar de alguma maneira uma tatuagem sem graça. Além disso, existem técnicas como os covers ups, uma nova pintura por cima da antiga, quando não existe a opção de remover.

Dessa maneira, conheça um pouco mais sobre os procedimentos de remoção de tatuagem, os cuidados necessários para quem vai aplicar uma das técnicas e as contraindicações. Assim, o arrependimento vai passar e você já está pronta para a próxima sessão!

Desenhos mais simples podem ser retirados com maior facilidade com técnicas de remoção de tatuagem
Imagem: Reprodução / Pixabay

O que é remoção de tatuagem

A remoção de uma tatuagem é uma prática para quem deseja recuperar a autoestima e a beleza escondida atrás daquela tatuagem feia. Ela permite, a quem se arrependeu, não gostou ou simplesmente não quer mais, retirar ou atenuar uma tattoo do nosso corpo.

É um método que também permite a remoção de pequenas manchas na pele. De maneira geral, é caro, complexo e nem sempre fica perfeito. Hoje em dia, existem várias técnicas de remoção. Para passar por esse processo, consulte um dermatologista especializado e manter seus exames sempre em dia.

Além disso, é muito importante fugir de opções caseiras, ou soluções milagrosas, que acabam fazendo mais mal do que bem. Invista em procedimentos seguros e de confiança médica.

Quanto tempo dura uma remoção de tatuagem

Segundo a Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica, o procedimento, além de custoso, pode ser demorada. Dessa maneira, a duração do tratamento, desde a primeira sessão, até a última, onde não são vistas mais alterações na pigmentação da tatuagem, pode variar de acordo com as particularidades da tatuagem.

De forma geral, tatuagens feitas por tatuadores amadores são mais simples. Apesar disso, algumas não são  removidas por completo. Por isso, tenha bastante certeza antes de se aventurar por uma nova tattoo.

 

Principais métodos

Antes de tudo, avalie o tamanho, as dimensões, o local da tatuagem e suas possibilidades financeiras antes de escolher um método de remoção.

Existem várias práticas possíveis para retirar, atenuar ou melhorar a aparência daquela tatuagem que você não gosta mais. É muito comum a tatuagem não ser totalmente removida, principalmente aquelas mais antigas.

Hoje em dia, um dos mais confiáveis, com melhor custo benefício é a aplicação do laser, que destrói o pigmento do desenho. Além disso, causa poucos danos à pele em volta da tatuagem removida.

Mas ainda existem outras técnicas, mais e menos complexas. Segundo a dermatologista Mônica Maris ao site Dicas de Mulher, a escolha das técnicas disponíveis depende do tipo de pigmento usado e de como a tatuagem foi feita.

Deve-se analisar tamanho, posição e características da pele antes de procedimento de remoção de tatuagem
Imagem: Reprodução / Pinterest

Laser e luz pulsada

O procedimento a laser, ou por luz pulsada é feito sem necessidades de cortes profundos na pele. Através de uma máquina que emite lasers pontuais e direcionados, o pigmento da tatuagem vai sendo degradado e, sua cor, apagada.

Apesar de não causar cortes na pele, pode causar dor e incômodo e até mesmo formar cicatrizes no local de atuação. É uma prática bastante segura e eficaz, principalmente para tatuagens pequenas e mais recentes.

 

Dermoabrasão

A dermoabrasão aplica soluções que promovem uma abrasão mecânica da camada superficial da pele.

A pele tatuada é removida pelo produto, até que uma nova camada seja encontrada. Dessa forma, a tatuagem é eliminada. É uma técnica cara e dolorosa, que deve ser feita com o paciente anestesiado. Além disso, pode deixar cicatrizes após o procedimento.

 

Cirurgia para remoção de tatuagem

Em casos extremos, alguns pacientes podem optar por uma técnica cirúrgica para remoção da tatuagem. É simples, mas exige uma infraestrutura hospitalar para ser realizada, com anestésicos e todos os procedimentos de cirurgia. Quando a tatuagem é maior, o corte cirúrgico pode demandar mais sessões e até mesmo preenchimentos de pele no paciente.

 

Peelings químicos para remoção de tatuagem

Por fim, os procedimentos estéticos ambulatoriais são geralmente métodos mais seguros, práticos e baratos, quando comparados a cirurgias e tratamentos a laser e luz pulsada.

A aplicação de peelings químicos é feito na superfície da pele, em diversas sessões contínuas, sobre o local da tatuagem. O produto reage com a pele provocando uma descamação, que então remove a camada superficial tatuada da pele.

A remoção de tatuagem demanda cuidados antes e depois do procedimento
Imagem: Reprodução / Pinterest

Cuidados

É importante lembrar é que, ao realizar um procedimento de remoção de tatuagem, também é preciso tomar certas cautelas no seu dia a dia.

Por exemplo, é muito necessário evitar tomar sol nos horários de pico, para não manchar a pele. Além disso, logo após o procedimento, principalmente cirurgias e lasers, deve-se utilizar pomadas cicatrizantes e regeneradoras da pele, para ajudar no processo de cura da camada da pele.

Também, quando necessário, deve-se seguir o tratamento indicado pelo médico, com os medicamentos certos, principalmente anti-inflamatórios, que vão ajudar a pele a sarar mais rápido.

Por fim, fique atento aos sinais do seu corpo. Ao sentir febre ou algo de diferente no processo de cura da remoção da tatuagem, procure seu dermatologista.

 

Quem não pode fazer remoção de tatuagem

Gestantes e pessoas com mais propensão a desenvolver cicatrizes queloides não podem realizar procedimentos de remoção de tatuagens.

Além disso, alguns portadores de doenças crônicas e autoimunes, como lúpus, não devem realizar o procedimento na fase ativa de suas condições.

Por fim, pessoas que utilizam alguns cosméticos e medicamentos sensíveis, como à base de ácido retinoico e hidroquinona, podem sofrer interferência durante o processo de cicatrização da pele. Para outras dúvidas sobre a remoção de tatuagem, não deixe de consultar o seu médico.

Siga-nos no 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais

Privacy & Cookies Policy