Movimento Lixo Zero: o que é e o que você precisa para começar

0 47

Movimento Lixo Zero traz alternativas para o modo de consumo atual, que é exagerado e pode trazer consequências irreversíveis ao planeta. Você conhece este movimento e sabe por que deveria pensar em adotá-lo?

O que é o Movimento Lixo Zero?

movimento lixo zero
Imagem: Reprodução / Pexels.

 

Segundo a ZWIA, Zero Waste International Alliance, organização internacional responsável pelos conceitos do Lixo Zero, o movimento é “uma meta ética, econômica, eficiente e visionária para guiar as pessoas a mudar seus modos de vidas e práticas de forma a incentivar os ciclos naturais sustentáveis, onde todos os materiais são projetados para permitir sua recuperação e uso pós-consumo.”

Isso quer dizer que o Movimento Lixo Zero tem o objetivo de fazer com que a indústria, os cidadãos e o governo repensem a maneira como consomem, como fazem os descartes e como evitar a geração do lixo. Além disso, é importante que cada uma dessas instituições assumam a responsabilidade por essa área.

Os R’s do Lixo Zero

Segundo o ILZB, Instituto Lixo Zero Brasil, existem os quatro R’s dentro do movimento. São eles:

  • Repensar: acabar com a ideia que resíduos são sujos, já que eles podem ter outras finalidades, a não ser o descarte.
  • Reutilizar: a maioria dos objetos podem ser usados de maneiras diferentes, antes de serem encaminhados para a reciclagem.
  • Reduzir: gerar o mínimo possível de resíduos e lixos.
  • Reciclar: aproveitar a matéria prima do resíduo para fabricar o mesmo ou outro tipo de produto, sem encaminhá-lo para aterros.

Por que adotar o Movimento Lixo Zero?

movimento lixo zero
Imagem: Reprodução / Pexels.

 

Em primeiro lugar, é preciso ter em mente que todos os anos são produzidos cerca de 80 milhões de toneladas de resíduos sólidos no Brasil, o que é capaz de encher 200 estádios de futebol. Por isso, repensar os hábitos de consumo e de descarte é tão importante.

Além disso, é importante pensar que apesar da Terra parecer gigante, seu espaço é limitado. Logo, o sistema de produção vigente é insustentável, já que tende ao infinito.

Por fim, existem benefícios econômicos ao adotar o Movimento Lixo Zero. Isso porque, estima-se que o Brasil perca 8 bilhões de reais, por ano, por conta do baixo índice de reciclagem.

 

Como apoiar o movimento na prática?

movimento lixo zero
Imagem: Reprodução / Pexels.

 

Você pode estar pensando que é impossível acabar de vez com a sua produção de lixo. Porém, existem diversas maneiras de reduzir o seu impacto ambiental e apoiar o Movimento Lixo Zero.

Primeiramente, avalie o seu dia a dia: o que você pode mudar para diminuir sua pegada? Usar transportes público e bicicleta, quando possível; apagar as luzes dos cômodos que não estão sendo usados e desligar a torneira enquanto escova os dentes ou comprar roupas em brechó são exemplos.

Além disso, existem outras maneiras que você pode adotar. Veja:

Reduzir o consumo

Apesar de ser uma prática um tanto óbvia, é importante refletir sobre ela. Será que tudo o que você está consumindo realmente é necessário? Mais do que isso, será que as embalagens são sustentáveis?

Fazer compras locais e a granel

Comprando localmente, diminui-se a quantidade de caixas e plásticos necessários para o transporte dos itens. Além disso, ao comprar a granel, é possível utilizar embalagens reutilizáveis, como saquinhos de pano ou potes de vidro.

Use canudos e copos reutilizáveis

Ao invés de usar canudos, copos e talheres plásticos, uma boa ideia é ter os seus próprios na bolsa, para usar sempre que precisar.

 

Montando o seu próprio kit Lixo Zero

movimento lixo zero
Imagem: Reprodução / Pexels.

 

Ter o seu próprio kit sustentável pode ajudar bastante na sua jornada sustentável. Por isso, separamos alguns itens que são indispensáveis.

 

Influenciadores do Movimento Lixo Zero

Para você se inspirar e aprender ainda mais sobre este movimento, existem alguns influenciadores para você seguir.

 

Renata Kalil

movimento lixo zero
Imagem: Reprodução / Renata Kalil.

 

Primeiramente, está a Renata Kalil, perfeito para quem está a procura de inspirações de beleza cruelty free.

Ela é colunista de beleza da Vogue e expert em wellness e consumo consciente. A página dela é recheada de novidades, tendências e dicas do mundo da beleza.

Fernanda Cortez

movimento lixo zero
Imagem: Reprodução / Fernanda Cortez.

 

Em segundo lugar, a ativista e idealizadora do projeto Menos 1 lixo, Fernanda Cortez cria conteúdos com o objetivo de conscientizar seus seguidores através de pequenos gestos e incentivos.

Nátaly Neri

movimento lixo zero
Imagem: Reprodução / Nataly Neri.

 

Por fim, a youtuber e embaixadora do Creators For Change, Nátaly fala sobre sustentabilidade, abordando assuntos como maquiagem natural, como fazer sua própria horta e receitas sem carne.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais

Privacy & Cookies Policy