Movimento Lixo Zero: o que é e o que você precisa para começar

0 25

Movimento Lixo Zero traz alternativas para o modo de consumo atual, que é exagerado e pode trazer consequências irreversíveis ao planeta. Você conhece este movimento e sabe por que deveria pensar em adotá-lo?

O que é o Movimento Lixo Zero?

movimento lixo zero
Imagem: Reprodução / Pexels.

 

Segundo a ZWIA, Zero Waste International Alliance, organização internacional responsável pelos conceitos do Lixo Zero, o movimento é “uma meta ética, econômica, eficiente e visionária para guiar as pessoas a mudar seus modos de vidas e práticas de forma a incentivar os ciclos naturais sustentáveis, onde todos os materiais são projetados para permitir sua recuperação e uso pós-consumo.”

Isso quer dizer que o Movimento Lixo Zero tem o objetivo de fazer com que a indústria, os cidadãos e o governo repensem a maneira como consomem, como fazem os descartes e como evitar a geração do lixo. Além disso, é importante que cada uma dessas instituições assumam a responsabilidade por essa área.

Os R’s do Lixo Zero

Segundo o ILZB, Instituto Lixo Zero Brasil, existem os quatro R’s dentro do movimento. São eles:

  • Repensar: acabar com a ideia que resíduos são sujos, já que eles podem ter outras finalidades, a não ser o descarte.
  • Reutilizar: a maioria dos objetos podem ser usados de maneiras diferentes, antes de serem encaminhados para a reciclagem.
  • Reduzir: gerar o mínimo possível de resíduos e lixos.
  • Reciclar: aproveitar a matéria prima do resíduo para fabricar o mesmo ou outro tipo de produto, sem encaminhá-lo para aterros.

Por que adotar o Movimento Lixo Zero?

movimento lixo zero
Imagem: Reprodução / Pexels.

 

Em primeiro lugar, é preciso ter em mente que todos os anos são produzidos cerca de 80 milhões de toneladas de resíduos sólidos no Brasil, o que é capaz de encher 200 estádios de futebol. Por isso, repensar os hábitos de consumo e de descarte é tão importante.

Além disso, é importante pensar que apesar da Terra parecer gigante, seu espaço é limitado. Logo, o sistema de produção vigente é insustentável, já que tende ao infinito.

Por fim, existem benefícios econômicos ao adotar o Movimento Lixo Zero. Isso porque, estima-se que o Brasil perca 8 bilhões de reais, por ano, por conta do baixo índice de reciclagem.

 

Como apoiar o movimento na prática?

movimento lixo zero
Imagem: Reprodução / Pexels.

 

Você pode estar pensando que é impossível acabar de vez com a sua produção de lixo. Porém, existem diversas maneiras de reduzir o seu impacto ambiental e apoiar o Movimento Lixo Zero.

Primeiramente, avalie o seu dia a dia: o que você pode mudar para diminuir sua pegada? Usar transportes público e bicicleta, quando possível; apagar as luzes dos cômodos que não estão sendo usados e desligar a torneira enquanto escova os dentes ou comprar roupas em brechó são exemplos.

Além disso, existem outras maneiras que você pode adotar. Veja:

Reduzir o consumo

Apesar de ser uma prática um tanto óbvia, é importante refletir sobre ela. Será que tudo o que você está consumindo realmente é necessário? Mais do que isso, será que as embalagens são sustentáveis?

Fazer compras locais e a granel

Comprando localmente, diminui-se a quantidade de caixas e plásticos necessários para o transporte dos itens. Além disso, ao comprar a granel, é possível utilizar embalagens reutilizáveis, como saquinhos de pano ou potes de vidro.

Use canudos e copos reutilizáveis

Ao invés de usar canudos, copos e talheres plásticos, uma boa ideia é ter os seus próprios na bolsa, para usar sempre que precisar.

 

Montando o seu próprio kit Lixo Zero

movimento lixo zero
Imagem: Reprodução / Pexels.

 

Ter o seu próprio kit sustentável pode ajudar bastante na sua jornada sustentável. Por isso, separamos alguns itens que são indispensáveis.

 

Influenciadores do Movimento Lixo Zero

Para você se inspirar e aprender ainda mais sobre este movimento, existem alguns influenciadores para você seguir.

 

Renata Kalil

movimento lixo zero
Imagem: Reprodução / Renata Kalil.

 

Primeiramente, está a Renata Kalil, perfeito para quem está a procura de inspirações de beleza cruelty free.

Ela é colunista de beleza da Vogue e expert em wellness e consumo consciente. A página dela é recheada de novidades, tendências e dicas do mundo da beleza.

Fernanda Cortez

movimento lixo zero
Imagem: Reprodução / Fernanda Cortez.

 

Em segundo lugar, a ativista e idealizadora do projeto Menos 1 lixo, Fernanda Cortez cria conteúdos com o objetivo de conscientizar seus seguidores através de pequenos gestos e incentivos.

Nátaly Neri

movimento lixo zero
Imagem: Reprodução / Nataly Neri.

 

Por fim, a youtuber e embaixadora do Creators For Change, Nátaly fala sobre sustentabilidade, abordando assuntos como maquiagem natural, como fazer sua própria horta e receitas sem carne.

Siga-nos no 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais

Privacy & Cookies Policy