Mandala Lunar: conheça essa poderosa ferramenta de autoconhecimento

0 1.238

Com 2021 batendo à porta, chega a hora de providenciar uma agenda para o novo ano. Mas, você já pensou em  organizar os seus dias e desenvolver seu autoconhecimento em um lugar só? A mandala lunar é exatamente isso! Afinal, você já ouviu falar sobre ela?

A mandala lunar foi criada por três mulheres, Ieve Holthausen, fotógrafa, Naíla Andrade, empresária, e Victoria Campello, ilustradora, todas de Porto Alegre. Em resumo, ela é basicamente um diário, com o objetivo de proporcionar cura e autoconhecimento, através do seu ciclo menstrual e das fases da lua.

 

O que é uma Mandala Lunar?

mandala lunar
Imagem: Reprodução.

A mandala é um círculo com várias divisões que acompanham as fases da Lua. Nela, também é possível anotar com lápis coloridos os seus sentimentos durante o ciclo menstrual.

Sendo assim uma ferramenta simples, mas muito eficiente, de autoconhecimento, pois permite que você observe como foram os seus dias em cada fase da lua e do seu ciclo. Com isso, é possível entender a influência dessas energias na sua vida.

Benefícios

Como já falamos anteriormente, a mandala lunar é uma incrível e poderosa ferramenta de autoconhecimento. Através dela, é possível criar uma maior e mais íntima conexão consigo mesma.

 

O propósito da Mandala Lunar é semear conhecimentos direcionados às mulheres, e a partir de uma visão espiritual e de valores de cuidado com a vida e com a Terra, proporcionar autoconhecimento, cura e contribuir para uma cultura de colaboração e de amor como princípio.

Fundadoras da empresa Mandala Lunar

Por fim, outros grandes objetivos da mandala é enriquecer a conexão das mulheres com seus próprios corpos e com o sagrado feminino.

 

mandala lunar
Imagem: Reprodução / Mandala Lunar.

Troque sua agenda por uma mandala lunar!

Se em 2021 uma das suas metas é focar em autoconhecimento, substituir a agenda tradicional por uma mandala é uma ótima ideia!

Dentro dela, você encontra diversos conteúdos exclusivos sobre espiritualidade, feminino, menstruação, histórias de mulheres inspiradoras, informações sobre os solstícios, entre outros assuntos. Além disso, contém as 12 mandalas, uma para cada mês do ano.

Mais do que um diário de autoconhecimento, a mandala lunar também funciona como agenda, já que ela possui calendários mensais e semanais para você organizar a sua rotina.

Como funciona?

Antes de começar, você precisa saber que a mandala lunar é totalmente pessoal e customizável. Tudo o que você vai precisar para fazer a sua é: lápis coloridos, caneta, papel.

Antes de tudo, defina os sentimentos e sintomas que acompanhará todos os meses para relacionar ao seu ciclo menstrual. Assim sendo, reflita sobre que aspecto você precisa se aprofundar mais e transformar?

Depois da reflexão, siga os próximos passos.

  1. Defina cores para cada sentimento e sensações físicas. Entre elas, podem estar ansiedade, tristeza, alegria, vitalidade, entre outros.
  2. Depois, escolha símbolos para representar cada uma das sensações e sentimentos. Faz sentido escolher coisas que irão se repetir com frequência, para ter o que comparar mais tarde.
  3. Além de registrar as sensações, é importante contar os dias e a intensidade da sua menstruação. Aliás, existe um espaço dentro da mandala lunar reservado para essas informações.
  4. Com a sua mandala pronta e em mãos, procure qual é a lua do dia que você começará a monitorar os seus sentimentos. Quando souber, anote essa data no círculo exterior da mandala, junto ao desenho correspondente a essa lua.
  5. Tente completar a sua mandala lunar todos os dias, durante alguns meses. Dessa forma, você conseguirá fazer uma análise muito mais completa e profunda e chegará em um padrão. Outra dica que vale seguir é manter um diário do seu dia a dia, para conseguir entender o que te leva a sentir tais coisas.

Como faço para ter a minha própria mandala lunar?

mandala lunar
Imagem: Reprodução / Mandala Lunar.

É muito fácil ter a sua própria mandala!

A primeira maneira, e a mais fácil, é comprando da empresa Mandala Lunar. Esse diário do autoconhecimento conta com inúmeros textos reflexivos e informativos, além da seção de agenda.

Em segundo lugar, outro jeito de usar esta ferramenta de autoconhecimento é imprimindo as mandalas em casa. Basta procurar na internet o template que mais gostar e imprimir 12 cópias para usar ao longo do ano.

Por fim, a última e mais trabalhosa maneira, é fazer a sua própria. Existem inúmeros tutoriais na internet de como fazer em casa.

Seja qual for a maneira que você escolher fazer a sua mandala lunar, prepare-se para uma longa e profunda jornada de autoconhecimento e conexão com o seu feminino durante o próximo ano.

Siga-nos no 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais

Privacy & Cookies Policy