10 brincadeiras antigas para passar de pai para filho

Para deixar o celular de lado e aproveitar ao lado da família

1 48

Atualmente, muitas brincadeiras estão ficando de lado e sendo trocadas pela tecnologia. No entanto, diversas família estão resgatando e incentivando as crianças com brincadeiras antigas e divertidas. Todas as crianças têm o direito de brincar e se divertir.  Apesar de parecer uma simples brincadeira, trás inúmeros benefícios para o desenvolvimento.

  • Ajuda na socialização da criança, ensinando-as a se comunicarem e aprendizado com o outro.
  • Relaxamento, ajudando a gastar energia que elas têm de sobra.
  • É educativo, pois algumas brincadeiras envolvem letras, números e formas. Ou seja, aprende e se diverte ao mesmo tempo.
  • Desenvolve cognição. Ajudando a criança no desenvolvimento da memória,  raciocínio, percepção e entre outros.

Enxoval de bebê – Principais dúvidas e lista completa para montar o seu

Por esse motivo, é tão importante estimular as crianças com brincadeiras. Contudo, se está sem ideias, confira uma seleção de brincadeiras antigas para fazer em casa ou ao ar livre e passar de pai para filho.

brincadeira antigas para fazer com os filhos
Brincadeiras antigas (Foto: Unsplash/Reprodução)

Amarelinha

Uma brincadeira bem antiga, que segundo historiadores surgiu com os romanos e perpetua até hoje. É fácil de brincar, pois pode ser feita até dentro de casa. É desenhado no chão, com números de 1 até 10. Ao final, um circulo escrito céu.

Como jogar e regras

  • Cada jogador precisa de uma pedrinha ou tampinha.
  • Tira a sorte para sortear o primeiro jogador.
  • Começa a jogar jogando a pedrinha na casa número 1 e vai pulando de casa em casa, partindo da casa 2 até o céu.
  • Só pode colocar um pé em cada casa. Contudo, os números que são um do lado do outro, por exemplo o 2 e 3, pode colocar os dois pés no chão. Entretanto, apenas um em cada casa.
  • Quando chegar no céu, o jogador volta pulando na mesma maneira. Todavia, tem que pegar a pedrinha na volta.
  • A pessoa continua jogando até perder.

Perde a vez quem:

  •  Pisar nas linhas do jogo.
  •  Pisar na casa onde está a tampinha.
  • Não acertar a pedrinha na casa onde ela deve cair (é sequencial).
  • Não conseguir ou esquecer de pegar a pedrinha de volta.
  • Por fim, ganha quem terminar de pular todas as casas primeiro.
Amarelinha
Amarelinha – brincadeiras antigas (Foto: Freepik/ Reprodução)

Pular corda

Outra brincadeira para ensinar seus filhos é pular corda. Além de ser um exercício físico, é divertido e ajuda na coordenação motora. Além disso, pode brincar sozinho ou com os amigos.

Como brincar

Para brincar com mais pessoas, é necessário no mínimo três. Duas para bater a corda e outra para pular. Enquanto duas batem, a outra entrar no meio com a corda já ‘rodando’. Também dá para bater duas cordas ao mesmo tempo. No entanto, exige mais habilidade e é para crianças maiores de sete anos.

Além disso, pode seguir a música mais tradicional da brincadeira. Ou seja, o que dizer na letra é o que terá que fazer no momento. Confira:

“Um homem bateu em minha porta
E eu abri
Senhoras e senhores: põe a mão no chão
repete: pule de um pé só
Senhoras e senhores: dê uma rodadinha
E vá pro olho da rua
Ra, re, ri, ro, rua”.

Esconde

Uma brincadeira simples, que pode ser feita dentro de casa, com cuidado é claro, e também na rua com os amiguinhos.

Como jogar

  • Em primeiro lugar, tira na sorte que será o ‘pegue’.
  • Logo após definir, essa pessoa ficará com os olhos tampados em um poste ou em uma parede e conta até 30. Enquanto isso, os demais se esconde.
  • Perde quem foi achado e ganha quem conseguiu se esconder do pegue.
  • Para se salvar, enquanto o pegue procura pelos outros, você corre no local onde ele estava contando e grita 1, 2, 3 (nome de quem bateu) para se salvar.

Cabo de guerra

Essa brincadeira é legal para fazer com diversos amigos e o mínimo para a brincadeira é em dois.

Como jogar

  • Em um local aberto e longe de qualquer coisa que possa machucar, defina os times. Lembrando que sempre será em pares quando for jogar com quatro pessoas. Duas para cada lado ou uma para cada lado
  • Cada um segura na ponta da corda e começa a puxar.
  • Quem cair primeiro perde.
cabo de guerra
(Foto: Freepik/Reprodução)

 

Caça ao tesouro

Uma brincadeira para estimular o tato da criança. Além disso, pode ser feito a partir dos dois aninhos de idade.

Como jogar

  • Escolha diversos objetos, cada um com um formato, tamanho e textura diferentes. Esconda cada um em um canto da casa ou jardim.
  • Descreva a textura e a criança tem que achar aquele objeto, a partir das descrições citadas.
  • Contudo, se são mais velhos, pode colocar um cronômetro para deixar mais emocionante.
  • Outra opção é jogar em datas festivas, como na páscoa escondendo os ovos.

Dança da cadeira

Garanto que você em algum momento já deve ter jogado na escola a dança da cadeira. É bem simples de fazer e muito divertido para fazer em casa.

Como jogar

  • Uma pessoa ficará responsável pela música.
  • As cadeiras ficam de costa uma para outra e de lado, formando um circulo.
  • Cadeiras sempre será com uma faltando. Por exemplo: se quatro pessoas irão jogar, terá apenas três cadeiras.
  • Todas as pessoas giram em torno da cadeira com as mãos para trás.
  • Quando a música tocar, sentar imediatamente na cadeira. Quem não conseguir uma, está fora do jogo.

Cinco marias

O nome dessa brincadeira muda de cidade para cidade. Mas é bem simples e dá para jogar com duas pessoas ou mais.

Como jogar

  • Primeiramente irá precisar de saquinhos pequenos do tamanho de uma tampinha da garrafa, cheio com arroz ou feijão dentro.
  • Pega um saquinho e joga para o alto com apenas uma mão e pega com a mesma.
  • Logo após, jogue para o alto a que pegou e tente pegar mais uma do chão. Tudo com a mesma mão. E irá fazendo assim sucessivamente.

Brincadeiras antigas: passa anel

Essa brincadeira é divertida e perfeita para jogar com o grupo de amigos. Além disso, é bem fácil.

Como jogar

  • Uma pessoa ficará com um objeto pequeno ou um anel.
  • As outras crianças ficarão sentadas com a palma das mãos juntas, porém, com uma leve abertura.
  • A pessoa com o anel irá passar mão por mão e irá escolher alguém para colocar discretamente o anel.
  • O resto da turma precisa adivinhar com quem está o objeto.

O que é, o que é?

Uma brincadeira para fazer com crianças maiores para estimular a criatividade e o pensamento. É bem fácil de fazer, uma pessoa faz a charada e as outras tentam adivinhar o que está sendo dito. Por exemplo:

O que é, o que é que cai em pé e corre deitado? Resposta: chuva.

brincadeiras antigas
(Foto: Freepik/ Reprodução) 

Jogar peão

Para isso, é preciso apenas de um peão. Dá para brincar com diversos amigos ou sozinho. No começo, parecerá difícil rodar o peão no chão, contudo, com o tempo irá pegando prática e rodando com facilidade. Além disso, para jogar com os amigos, pode ser feito um circulo no chão e jogar os peões dentro. O de quem sair, perde.

Fonte: Enciclopédia da criança / Wikipédia

Siga-nos no 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais

Privacy & Cookies Policy