Pedra hume: o que é, para que serve e contraindicações

0 4.821

Um mineral que traz benefícios para a saúde e para a beleza, conhecido popularmente como pedra hume, tem sido usado para diversos fins desde os tempos antigos. Originário do Oriente Médio, o alúmen de potássio tem diversas aplicações e pode ser facilmente encontrado em lojas de produtos naturais, feiras livres, mercados e farmácias a um preço bastante acessível.

O que é a pedra hume?

Loja de produtos naturais
Foto: Elastic Compute Farm/Pixabay

A pedra hume nada mais é que um mineral e pode ser encontrada em sua forma sólida ou, ainda, em spray, em pó ou em folhas em farmácias, lojas de produtos naturais, feiras e alguns mercados. Existem dois tipos: natural e sintética. A segunda opção tem componentes químicos, como a amônia, e pode ser identificada pela aparência. Isso porque o alúmen de potássio natural é um cristal translúcido, enquanto a pedra hume sintética é opaca e uniforme. Além disso, o rótulo traz as informações sobre a composição do produto. A pedra natural é composta, basicamente, por alúmen de potássio. Para obter os melhores benefícios da pedra hume, escolha essa.

De baixo custo, essa é uma alternativa par substituir produtos caros em diferentes ocasiões. A pedra hume tem propriedades antibacterianas e atua como cicatrizante, antitranspirante e antisséptico. Mas, atenção: na internet, é possível encontrar recomendações do uso do alúmen na vagina para aumentar o prazer durante a relação sexual, já que a pedra hume seria capaz de estreitar o canal vaginal. No entanto, ela causa alterações no pH e ressecamento  e, por isso, pode trazer prejuízos sérios à sua saúde.

Para que serve?

Um dos principais usos da pedra hume é como antitranspirante. No entanto, existem outras aplicações que podem ser feitas na pele e trazem benefícios para a nossa saúde. O alúmen de potássio é um mineral com propriedades antibacterianas e, por isso, é uma ótima escolha natural para a cicatrização de pequenas feridas e para tratar espinhas, aftas e estrias, por exemplo. De forma resumida, a pedra hume elimina as bactérias e acelera o processo de regeneração da pele.

Como usar a pedra hume no dia a dia?

O alúmen de potássio tem diversos usos práticos para o dia a dia. Porém, em primeiro lugar, é preciso ter cuidado para não exagerar na concentração ou quantidade do produto, porque isso pode causar problemas sérios. Converse com um médico antes de aplica-lo na sua rotina.

Pedra hume elimina espinhas
Foto: Kjerstin Michaela Haraldsen/Pixabay

Como desodorante 

Essa é a utilização mais popular da pedra hume, que contrai os poros, reduzindo a transpiração. Além disso, pelas propriedades antibacterianas que tem, ela é capaz ainda de reduzir o mau cheiro se for usada diariamente. Como usar: umedeça a pedra e aplique como um desodorante roll-on na axila limpa.

Depois da depilação

O alúmen de potássio acalma a pele e, por isso, pode ser utilizado logo após a depilação. Além de acalmar, ele estanca o sangramento e fecha os poros, contribuindo para uma sensação de alívio após a retirada dos pelos. Como usar: assim como no item anterior, umedeça a pedra e aplique no local desejado.

Para eliminar espinhas

Por ter ações antissépticas e adstringentes, a pedra hume faz uma limpeza profunda na pele do rosto e remove as bactérias causadoras da acne. Seu uso constante, além de reduzir os poros, tonifica a pele. Como usar: para eliminar uma espinha, aplique uma mistura de pedra hume em pó com água no local. Já para o uso diário, passe a pedra umedecida sobre o rosto.

Nas aftas

As bactérias que estão provocando as aftas podem ser eliminadas com o uso do alúmen de potássio.  Além disso, o mineral também acelera o desaparecimento da lesão. A pedra hume reduz o tempo de duração da afta para até 24 horas depois do aparecimento. Como usar: aplique o pó ou spray diretamente sobre a afta ou faça bochechos com o pó diluído em água.

Para amenizar estrias

A pedra hume tem cristais esfoliantes, que podem ser usados para amenizar a aparência das estrias vermelhas. Essas marcas, que aparecem por questões hormonais, desidratação da pele ou pelo efeito sanfona (engorda-emagrece-engorda), vão diminuindo com o uso do alúmen. Como usar: misture o pó a um óleo hidratante (de semente de uva, por exemplo) e aplique nas estrias fazendo movimentos circulares.

Pedra hume em pó
Foto: Oreana Tomassini/Pixabay

Contraindicações

Na internet, não é difícil encontrar receitas para estreitar o canal vaginal e, assim, aumentar o prazer sexual. De acordo com alguns sites, a pedra hume seria utilizada em banhos de assento ou diretamente na vagina para causar esse efeito. Acontece que o alúmen de potássio altera o pH da vagina e pode ressecar a região, aumentando o risco de infecções. Se tem algo que incomoda, procure um ginecologista antes de sair por aí testando receitas caseiras.

Apesar de não ser considerada perigosa, é preciso usar a pedra hume com atenção. Isso porque o excesso pode causar irritações na pele. Além disso, algumas pessoas são sensíveis ao alúmen de potássio. Faça um teste antes. Outra dica é não ingerir esse produto e, caso isso aconteça de forma acidental, a recomendação é procurar um médico imediatamente, já que a ingestão pode causar problemas graves e até hemorragia.

 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais

Privacy & Cookies Policy