Maternidade real: famosas contam experiências como mães

 Tatá Werneck, Rafa Brites, Thais Fersoza e muitas outras celebridades falam sobre as dores e delícias da maternidade real nas redes sociais  

0 75

Dificuldades na amamentação, no puerpério, depressão pós-parto: a maternidade real está cada vez mais em pauta nas redes sociais das famosas. De Tatá Werneck a Sabrina Sato, as celebridades quebram tabus e falam abertamente sobre as dificuldades de ser mãe. E, consequentemente, que a vida em casa ao lado dos filhos não tem nada do glamour das capas de revista ou programas de TV.

Se antes havia receito em falar sobre os perrengues da maternidade era , hoje, muitas mulheres encontram experiências de maternidade real nos próprios perfis do Instagram de famosas. Afinal, mãe é mãe – sendo celebridade ou não.

Dessa forma, quando o pequeno Rocco nasceu, a influenciadora Rafa Brites compartilhou nas redes sociais um depoimento emocionante sobre a expectativa x realidade da amamentação. E, recentemente quando o filho completou 3 anos, a ex-apresentadora da TV Globo não escondeu as dores que passou com sua cicatriz da cesárea.

Já a top plus size Ashley Graham mostrou a maternidade real com seu corpo pós-parto, com a barriga cheia de estrias. “”Igual a mim. Poucas histórias novas” disse a mãe do pequeno Isaac no Instagram.

Maternidade nada romântica

Amamentar pode ser um fardo e as noites mal dormidas durante o puerpério tiram qualquer recém-mãe do sério. Há coisas sobre ser mãe que ninguém conta, entretanto, as famosas estão cada vez mais compartilhando as experiências de maternidade real com suas seguidoras. Vejas as lições que aprendemos com 13 celebridades (e mães): maternidade real

Samara Felippo

Mãe das meninas Alicia, de 10 anos de idade, e Lara, de 6 anos, vira e mexe Samara usa as redes sociais para desabafar: “Ontem, irritada, estressada, compulsão pré menstrual, as meninas não paravam de me chamar, reunião marcada com professora, fui lavar a lamina do mix e apertei com força na hora de secar, cortei três dedos. Então vi essa nossa foto, indo numa hora vazia dar um respiro na porta de casa e lembrei que precisa ser leve e com amor”, escreveu ela.

Tatá Werneck

A mãe de Clara Maria fez questão de compartilhar nas redes sociais não só os momentos felizes como também os perrengues da gravidez. ““Passo mal antes, durante e depois. Mas terei esse registro pra sempre. Dos dias em que trabalhei grávida e entendi um pouco mais da doação visceral (que não tem NADA de contos de fadas) que é ser mãe”, disse.

Serena Williams

A tenista usa até a hashtag #thismama para que outras mães também postem suas experiências de maternidade real. Serena é mãe da pequena Alexis Olympia

Kelly Key

Em entrevista ao portal do jornal O Globo, Kelly Key conta como foi criar três filhos, Suzanna, de 17 anos, Jaime, com 15, e Arthur, de 3 anos. “Para Suzanna, minha primogênita, não fui a mãe 100% que eu desejava ser”, disparou.

maternidade real Fernanda Gentil

A jornalista compartilhou as dificuldades em amamentar o filho Gabriel: “posso usar minha imagem para ajudar principalmente tantas mulheres na mesma situação que eu vivi, meu recado é esse: amamentar é fundamental. Mas quem não consegue não é menos mãe. E essa foi a minha melhor descoberta: o amor que bate no peito, bate também na mamadeira”, postou no Instagram.

Rafa Brites

Rafa também contou aos seguidores como a amamentação não é um processo nada fácil: “Mas verdade seja dita: o começo dói demais! É de ver estrelas. Mas calma ,é só acertar a pega! Ah como se fosse fácil. Eles choram, colocam as mãos na frente, escorrega, aí mordem, dói as costas, o pescoço, os braços. E quando vc vai ver esta com o peito em carne viva. No meu caso, sangrando. Mas eu não queria desistir”.

Anne Hathaway

A famosa foto da calça jeans cortada ao meio publicada pela atriz nas redes sociais levantou bandeira para a pressão das mulheres em voltar ao corpo “normal” após dar à luz. Especialmente as atrizes. “Não há vergonha em ganhar peso durante a gravidez (ou nunca)”, disse a mãe de Jonathan, de 3 anos, e Jack, com apenas 6 meses.

maternidade real Ashley Graham

A imagem da modelo plus size com a barriga flácida e cheia de estrias mostrou a maternidade real – e o corpo pós-parto sem filtros.

Gisele itiê

A mãe do pequeno Pedro fez poesia nas redes sociais para falar das noites mal dormidas e as cólicas do filho. “A cara da madrugada à dentro, mãe de primeira viagem dá a cara. A  cara do aperto no coração, de dores e mais dores, de cólicas, de choros retorcidos, não sei o que faço!”, desabafou.

Sabrina Sato

A mãe da fofíssima Zoe falou sobre Baby Blues após o parto da filha em vídeo emocionante. Ela contou sobre os sintomas da “tristeza materna” e que só chorava. “Para mim, o mais difícil foi aceitar o que eu passei. Eu romantizei tanto a gravidez, tanto a gestação, tanto o nascimento… foi muito ruim”, contou.

Adele

Assim como Sabrina, a cantora Adele também sentiu uma grande tristeza após o nascimento do filho Angelo, mas que depois evoluiu para uma depressão pós-parto. Em 2016, ela disse à Vanity Fair: “Eu me sentia muito insuficiente, inadequada. Eu sentia como se tivesse feito a pior decisão da minha vida… Ela [a depressão pós-parto] pode vir de muitas formas diferentes“, explicou. “Não falei com ninguém sobre isso. Era muito relutante”, completou.

Andressa Suíta

Assim, em entrevista recente à Vogue, a mãe de Gabriel, de 3 anos, e Samuel, de 2, contou que nem sempre é fácil criar dois filhos pequenos. “Grito, perco a paciência e depois choro de culpa”, contou.

Fotos: Reprodução/Instagram

Thaís Fersoza

No livro “Nasce Uma Mãe – Meus Primeiros Aprendizados e Minhas Aventuras Na Maternidade”, Thais falou sobre a glamourização da maternidade e que as famosas passam sim por problemas iguais a todas as mães.

Siga-nos no 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais

Privacy & Cookies Policy