Confira 20 perguntas polêmicas sobre sexo respondidas

0 11

Se você é uma pessoa que tem a vida sexual ativa ou até mesmo alguém que nunca teve experiência, deve ter diversas perguntas polêmicas sobre sexo. Insegura ou confiante, todo mundo fica na incerteza sobre algum assunto, e essas questões podem não ter sido resolvidas por vergonha ou desinformação. 

Às vezes, não temos coragem de perguntar certas coisas para os médicos, e os questionamentos sobre parceiro, comportamento sexual, doenças e etc, podem ser infinitos. Por isso, a Pajaris selecionou 20 perguntas polêmicas sobre sexo totalmente respondidas. Curta o momento e divirta-se sem preocupações!

20 perguntas polêmicas sobre sexo

 

DSTs e AIDS

 

1. Quais são as doenças sexuais transmissíveis mais comuns?

HPV, herpes, tricomoníase, HIV, gonorreia, sífilis, infecção por clamídia e outras.

2. Posso pegar doenças através do sexo oral?

Sim, igual ao sexo vaginal. Por isso, use sempre preservativo, e evite o sexo oral quando tiver lesões na boca ou nos genitais.

3. Como falar para o meu parceiro que ele pode ter alguma DST?

Não é uma situação fácil de se passar, mas se o relacionamento de vocês for longo ao ponto da intimidade ser boa, fica mais fácil conversar sobre doenças e tratamento. Porém, se a relação é recente, uma conversa assim pode causar desconforto. Mas lembre-se que a sinceridade é sempre a melhor maneira de resolver as coisas. Tenha paciência e demonstre preocupação com a saúde de ambos. Não reclame nem faça piadinhas sobre o assunto. Jogo de cintura é essencial neste momento.

perguntas polêmicas sobre sexo
(Foto: Divulgação)

Homossexualidade

 

4. Meu parceiro é gay por gostar de estímulo anal?

O ânus é um ponto erógeno como quaisquer outros do corpo, porém, as barreiras sociais é uma das coisas que mais impedem as pessoas de aproveitarem tais estímulos. Não tem problema algum se o seu parceiro gostar de carinho anal, pois lá é um zona irrigada por vasos sanguíneos, que aumentam o prazer.

5. E se eu quiser transar com uma mulher?

As pressões sociais infelizmente existem, influenciando muito na liberdade sexual. Porém, a sexualidade não deve ser encarada como um rótulo, e ter vontade de transar com uma mulher não te transforma em alguém homossexual, nem tampouco está errado. Apenas compreenda onde quer chegar, e o que quer obter com a experiência. Hoje em dias, as pessoas estão assumindo mais a sua opção sexual, e claro, vivendo todas as experiências possíveis.

6. Posso pegar doença transando com uma mulher?

Sim, os riscos são os mesmos se a relação for desprotegida.

 

Sexo anal – Perguntas polêmicas sobre sexo

 

7. Dói?

Talvez umas das perguntas mais feitas quando se fala de sexo anal. Assim como um tapinha e puxão de cabelo, a dor pode ser transformada em prazer, na hora do sexo. Se você nunca passou pela experiência, pode ser que seja mais difícil, de início. Portanto, aposte nos estímulos, e pela para o seu parceiro te masturbar enquanto te penetra por trás. Tenha paciência e saiba que quanto mais você pratica, mais fácil fica.

8. Faz mal à saúde?

A única forma de fazer mal à saúde é se o sexo for feito sem proteção, pois tem uma chance maior de acontecer a transmissão de DSTs do que no sexo vaginal. Além disso, doenças como fissuras anais e hemorroidas podem aumentar. Use sempre lubrificantes específicos para essa atividade.

perguntas polêmicas sobre sexo
(Foto: Divulgação)

Sexualidade

 

9. Qual a idade certa para perder a virgindade?

Não existe uma idade ideal para isso, mas existe um momento que você terá maturidade emocional suficiente para viver a experiência com consciência. Se fizer isso precocemente, poderá ter complicações emocionais diversas.

10. Posso transar no primeiro encontro?

A única coisa errada é sair no primeiro encontro e não aproveitar de forma certa. As mulheres ainda carregam os mesmos valores das nossas ancestrais, ou seja, acreditamos que homens gostam de mulheres mais difíceis e de família. Claro que é legal mexer com a fantasia da pessoa, ao demorar mais, deixando tudo mais excitante, só que mais excitante que isso é saber o que quer e assumir seus atos. Hoje em dia, os homens buscam isso: mulheres seguras de si!

 

Masturbação

11. Se masturbar faz bem?

Essa ainda é uma das melhores formas para o autoconhecimento. Desvendar o prazer sexual não deve ser visto como algo sujo ou degradante, e o sexo com seu parceiro só será bom quando você conhecer seu corpo melhor que ninguém. A masturbação não faz mal, mas tome cuidado com a higiene das mãos e dos objetos eróticos, como o vibrador.

12. O ponto G já foi achado?

Sim, e ele está dentro do canal vaginal, cerca de 4 cm a partir da introdução do seu dedo. É ainda mais fácil de achar se você estiver bem excitada. Para estimular a região, faça toques com pressões médias.

Fetiches – Perguntas polêmicas sobre sexo

13. Por que algumas pessoas sentem prazer ao sentir dor ou provocar isso no parceiro?

Fetiche está ligado a práticas proibidas ou experiências não comuns, e o proibido é sempre mais excitante. Algumas pesquisas indicam que certas atividades sadomasoquistas alteram a liberação de hormônios ligados ao prazer, como cortisol e dopamina.

14. Fetiches sadomasoquistas são errados?

Depende do grau do sadomasoquista, e também da frequência. Tudo tem um limite, e se o prazer estiver ligado somente à dor, aí sim, um problema existe em torno disso. Mas se essa prática oferece prazer para os dois, está tudo certo.

 

Orgasmo feminino

15. Qual é a diferença entre ejaculação e orgasmo?

Orgasmo é o ápice do prazer sexual, e a ejaculação é o ato de liberação do esperma pelo homem, ou de um fluido pela mulher, estimulado pelo sexo ou masturbação.

16. Tem algum jeito de deixar minha vagina mais estreita?

O canal vaginal pode ficar mais estreito com alguns exercícios perineais ou o pompoarismo. Para fortalecer a vagina, é necessário isolar os outros músculos, focando apenas nesse. Parece fácil, mas existe dedicação e foco. Você pode usar acessórios também.

17. Por que não alcanço o orgasmo no sexo e só na masturbação?

Essa é uma das perguntas polêmicas sobre sexo que mais fazem. O orgasmo sempre está ligado ao clitóris, não importa o tipo de orgasmo. Então, quando você se masturba, sabe exatamente onde tocar, a pressão, movimentos e tudo mais. Os homens pensam mais em penetração, muitas vezes esquecendo do clitóris. Para chegar ao ápice na hora H, a solução é falar para o seu parceiro o lugar que ele deve tocar exatamente. 

Sexo oral também é uma ótima forma de conseguir isso. Mas as questões do porque a mulher não consegue chegar ao orgasmo podem estar ligadas a outras coisas como, questões religiosas, culturais, emocionais, e até mesmo questões físicas como, vaginismo ou endometriose.

Sexo no relacionamento – Perguntas polêmicas sobre sexo

18. É importante se depilar?

Depende de cada pessoa, alguns acham que sim, outros acham que não. A depilação é algo muito cultural da mulher brasileira. Porém, se você não tirar seus pelinhos, também não tem problema algum. Uma pessoa não deve sentir nojo da outra por causa dos pelos, afinal, eles estão no seu corpo para te proteger.

19. Pode fazer sexo menstruada?

Sim, e muitas mulheres até preferem praticar durante esse período, já que a excitação está bem mais elevada. O fluido liberado pela menstruação vai apenas sujar o lençol, mas existe algumas opções como, transar no chuveiro, para evitar bagunça e sujeira.

20. É normal a falta de sexo no relacionamento?

Todo casal tem sua forma de se relacionar, e não existe uma regra na frequência do sexo entre ambos. O sexo também não deve ser limitado apenas como o ‘coito’, mas também pode ser associando a carinhos, atenção, contato, proximidade e outras formas de demonstrar desejo. Se nada disso acontecer, pode ser um sinal de que a relação está fria, e o relacionamento precisa ser revisto.

 

Fonte: Superinteressante


Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais

Privacy & Cookies Policy