Chapéu Fedora: conheça tudo sobre esse modelo clássico

212

O chapéu Fedora, aquele modelo clássico usado pelo Indiana Jones, tem sido visto cada vez com mais com frequência nas passarelas e nas ruas. Hit entre os fashionistas, acessório é atemporal, democrático, descolado e, além de completar sua produção, também protege a cabeça do frio e do sol. Qualquer look básico fica mais interessante combinado com um chapéu e esse modelo pode ser usado com diversas peças, como calças, saias e vestidos. Mas antes de comprar o seu, Malu Pires, especialista em chapéus e fundadora da marca homônima, tudo sobre a história desse chapéu que é símbolo da moda.

O que é chapéu Fedora

Atriz Emma Watson usa chapéu FEDORA (Foto: reprodução/instagram).

O chapéu Fedora é um acessório clássico e mítico. É um chapéu com aba larga ou média e três cavidades, uma na parte superior e duas na frente, que formam “covinhas”. Embora sempre tenha havido uma certa divisão na moda nas linhas de gênero, quase nenhuma peça preencheu a lacuna tão definitivamente quanto o modelo.
Várias teorias do História do chapéu Fedora

Embora seja um chapéu muito masculino, o nome “Fedora” vem de uma peça do autor francês Victorien Sardou apresentada em Paris em 1882. Ele escreveu o papel da princesa Fédora Romanoff, um papel-título, para a famosa atriz Sarah Bernhardt. Nele, usava um chapéu de abas macias e amassado. O chapéu logo foi uma moda popular para as mulheres, especialmente para ativistas dos direitos das mulheres. Um pouco mais tarde, sufragistas, mulheres que reivindicam direitos civis iguais aos homens escolherão o Fedora como um sinal de pertencer ao movimento.

Entretanto, outra versão é famosa: Giuseppe Borsalino (1834-1900), o fundador da marca homônima, reivindica a criação do modelo durante a longa marcha rumo à unificação italiana. Na época, as manifestações foram reprimidas violentamente e os chapéus batidos com um fenda no meio, o que teria inspirado o chapeleiro.

A fama do Fedora

Atrizes famosas usam chapéu fedora
O modelo fez sua fama no cinema. (Foto: reprodução/Pintereste)

Independentemente de sua origem, depois de 1924, quando o príncipe Edward da Grã-Bretanha começou a usá-los, o Fedora foi adotado pelos homens e tornou-se parte de sua moda, substituindo os jogadores, bonés planos e cartolas. Foi usado principalmente em áreas urbanas para proteção contra intempéries e por razões estéticas. Os judeus ortodoxos também adotaram fedoras pretos nas primeiras décadas do século XX e os usavam como parte de seu vestuário diário, o que muitos deles ainda fazem. O modelo com uma aba mais estreita, chamada trilby, também era popular.

Contudo, o ápice da popularidade do Fedora foi em meados da década de 1920, razão pela qual é frequentemente associada aos gangsters e mafiosos. Nas décadas de 1940 e 1950, os filmes noir popularizaram ainda mais o modelo, e sua popularidade durou até o final da década de 1950, quando as roupas informais se tornaram mais difundidas. Retornou em meados dos anos 70 e novamente nos anos 80 e 2000.

 Humphrey Bogart e a atriz sueca Ingrid Bergman usam chapéu Fedora no clássico filme ‘Casablanca’.

Nas décadas de 1940 e 1950, Hollywood trouxe de volta o fedora fazendo filmes nos quais o chapéu fedora era um ícone repetitivo de masculinidade e mistério usado por nomes como Humphrey Bogart e Cary Grant no celulóide e Frank Sinatra no palco. Nos anos setenta, foi Indiana Jones quem trouxe o renascimento do fedora para a tela prateada. A televisão carrega tanto peso na responsabilidade pela popularidade do fedora quanto o cinema.

Chapéu Fedora de Palha

Chapéu Fedora em palha também é sucesso. (Foto: reprodução/Pinterest)

Enquanto os fedoras são tradicionalmente feitos de feltro, os fedoras de palha são uma escolha popular hoje. Além de serem elegantes, também são leves e confortáveis. Como tal, os fedoras de palha são perfeitos para roupas sofisticadas de verão e podem atender a uma variedade de eventos sociais inteligentes, incluindo pólo, corridas e casamentos na praia.

Inegavelmente, ele é um acessório com um bela história, por isso, ele foi e será um dos chapéus mais elegantes de todos os tempos. Encontre mais modelos em www.malupires.com.br.

Comentários