7 motivos comer inserir algas marinhas no seu cardápio já

As algas marinhas são usadas há muitos anos pelos países asiáticos China, Japão e Coreia e também faz parte da culinária de cidades ou países costeiros, já que é um alimento que vem do oceano. Mas, após o povo asiático começar usar em sua culinária, a alga marinha se espalhou ao redor do mundo e faz muito sucesso entre os brasileiros.

Essas algas são de extrema importância para o nosso ecossistema e também para a nossa respiração, já que liberam uma quantidade considerável de oxigênio. Vale destacar que, a maioria das algas que podem ser consumidas pelos seres humanos, são de água salgada (oceano), enquanto isso, a maioria das algas de água doces são tóxicas e não podem ser consumidas.

+ Chá de casca da abacaxi melhora a pele e fortalece a imunidade

Quais são os tipos de algas comestíveis?

Segundo profissionais da gastronomia, existem no mundo, aproximadamente 50 tipos de algas comestíveis, mas no Brasil, existem algumas populares e que fazem o maior sucesso. Conheça agora as mais utilizadas na gastronomia brasileira:

Nori

É a alga marinha comestível mais conhecida, pois é usada para enrolar temakis e sushis. Pode ser usada em outras receitas e fazem parte das algas vermelhas, mas por passar por um processo de desidratação, fica esverdeada. É fácil de encontrar nos mercados.

(Foto: Unsplash/Reprodução)

Alface-do-mar

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Outra alga muito fácil de ser encontrada no Brasil e serve para diversos preparos. O mais comum é o uso na salada, mas pode ser utilizada em sopas, assados e muito mais. Quando não está desidratada, é bem parecido com o alface brasileiro.

@joebestworld

Wakamé

Outra alga que é muito popular no Brasil, no preparo de diversos pratos é o Wakamé. Segundo o site Tudo Gostoso, essa é a alga ideal para quem deseja começar a comer alga mas tem medo da textura. Seu sabor é adocicado.

@ryukishinvalencia

Kombu

Essa alga pode ser encontrada em três formas, desidratada, em tiras e até em pó. É consumida bastante com sashimis, como um acompanhamento, mas pode ser utilizada em sopas, saladas e até mesmo massas.

@bottegasfusi

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Quais são os benefícios das algas marinhas?

Conheça os principais benefícios do uso das algas marinhas para a saúde e assim, te convencer a incluir na sua dieta.

Melhora a saúde vascular

Segundo uma publicação da revista americana, L’officiel, as algas ajudam no sistema cardiovascular, prevenindo doenças do coração. Por serem ricas em arginina, taurina e sais minerais, as algas são capazes de aumentarem a produção de óxido nítrico, que melhoram a vascularização.

Controla o açúcar no sangue

Por ser rico em fibras e controlar os lipídios, as algas conseguem controlar a taxa de glicemia no sangue. Controlar o açúcar no sangue é importante para prevenir doenças como diabetes, que traz diversos malefícios para a saúde. Outro ponto importante é que, as fibras ajudam no controle do colesterol.

Saciedade e intestino regulado

As fibras são melhores amigas das pessoas que sofrem com o intestino preso, já que ajudam na flora intestinal. Se você está com dificuldades de evacuar, o ideal é ingerir boas fontes de fibras para melhorar esse problema. Além disso, a alga ajuda no emagrecimento, já que a fibra promove saciedade e assim, diminuindo a sua fome.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

+ Descubra os alimentos ricos em fibras e os benefícios

Aumenta a imunidade

As algas são ricas em diversos tipos de minerais e vitaminas, que são essenciais para a saúde do nosso corpo. Com uma boa ingestão de vitamina e minerais, a imunidade aumenta e diminuem as chances de gripes, resfriados e outras doenças respiratórias.

Evita o envelhecimento precoce

A alga é uma boa fonte de alimento antioxidante, que é importante para combater os radicais livres e fazer a renovação celular do corpo. Um dos principais benefícios do consumo alimentos antioxidantes é a prevenção do envelhecimento precoce da pele.

Conheça os benefícios do consumo de algas marinhas (Foto: Pexels/Reprodução)

Ajuda na saúde dos ossos

A alga marinha é rica em ferro e cálcio, que são dois minerais importantíssimos para a saúde dos ossos, prevenindo doenças como osteoporose. Além disso, a alga possuí ômega-3, que é importante para manter as articulações saudáveis.

Rica em ômega 3

A alga, assim como outros alimentos que veem do mar, é rica em ômega 3. Um dos principais benefícios do consumo do ômega 3, é melhorar a memória e prevenir doenças cerebrais. Ajuda a combater inflamações, já que tem um grande poder anti-inflamatório e outras doenças como depressão, ansiedade, asma e Alzheimer.

Contraindicação

Antes de adicionar qualquer alimento diferente na sua alimentação, assim como entrar em uma dieta para N benefícios, é importante se consultar com um nutricionista. Assim, ele irá adequar a quantidade de algas marinhas na sua alimentação. Contudo, não é um alimento que causa qualquer reação adversa e não tem contraindicação. Mas, se após o consumo algum sintoma surgir, suspender o uso das algas na alimentação e se for necessário, procurar uma unidade de atendimento médico.

Leia também: Chá de folha de mamão: descubra para que serve e como preparar

Siga-nos no 
Comentários (0)
Comentar